PUBLICIDADE

Nubank vende dólar digital na sua loja de criptomoedas

Nubank anuncia oferta do USDC, versão digital do dólar, em parceria com a Circle, responsável pela emissão da criptomoeda

6 dez 2023 - 15h01
(atualizado às 18h40)
Compartilhar
Exibir comentários

O Nubank anunciou nesta semana o início das vendas do dólar digital (USDC) na plataforma de criptomoedas dentro do app. A oferta iniciada nesta terça-feira (5) é feita em parceria com a fintech global Circle, emissora do USDC e operadora de sua blockchain em todo o mundo.

Foto: Divulgação/Nubank / Canaltech

Os tokens do dólar digital serão liberados gradualmente aos clientes brasileiros, que poderão realizar as negociações por meio do Nubank Cripto, função voltada à compra e venda de criptomoedas no aplicativo do banco. A parceria com a Circle também envolve campanhas para disseminar o conhecimento sobre o ativo financeiro em nosso país.

Na visão da fintech nacional, o USDC representa um investimento seguro para os interessados, já que seu valor é atrelado ao do dólar americano. O valor é pareado ao da moeda, reduzindo a flutuação comum desse mercado, e os tokens são regulados por autoridades dos Estados Unidos, o que fez com que a opção fosse bastante requisitada pelos clientes.

Dólar digital, também chamado de USDC, tem lastro na moeda americana; compra de tokens pode ser feita no app do Nubank (Imagem: Divulgação/Circle)
Dólar digital, também chamado de USDC, tem lastro na moeda americana; compra de tokens pode ser feita no app do Nubank (Imagem: Divulgação/Circle)
Foto: Canaltech

A oferta do Nubank também acontece de forma simplificada, já que ao realizar parceria com a Circle, a compra do dólar digital não exige uma conta global. No comunicado, as empresas falam ainda em processos de auditoria independente e evidencia a acessibilidade da oferta, que fica disponível aos clientes ao lado de mais de 15 ativos digitais.

"O Brasil tem se destacado como uma força motriz para o uso e adoção de criptomoedas [na América Latina]", afirma o CEO e cofundador da Circle, Jeremy Allaire. Para ele, a parceria com o Nubank atende à forte demanda da região e, também, amplia as possibilidades de investimento disponíveis por aqui.

11 novas criptomoedas em 2023

O anúncio da parceria com a Circle também marca um ano de forte investimento para o Nubank no setor de ativos digitais. Segundo a empresa, 11 novas opções foram adicionadas à plataforma de criptomoedas somente neste ano, enquanto novas medidas de segurança e agilidade nas transações também foram tomadas pela companhia.

No início do ano, a fintech também lançou o Nucoin, token de utilidade próprio que é atrelado ao programa de fidelidade da companhia. Assim como acontece com o dólar digital, a oferta foi vista como uma maneira de democratizar as criptomoedas e a tecnologia de blockchain, permitindo que os clientes acumulem ativos para trocar por benefícios.

Trending no Canaltech:

Canaltech
Compartilhar
Publicidade
Publicidade