PUBLICIDADE

Linux está em 4% dos PCs de todo o mundo e bate recorde

Site especializado nas parcelas de mercado de cada sistema operacional aponta que Linux está instalado em 4% dos computadores em todo o mundo, um recorde do SO

4 mar 2024 - 19h14
(atualizado em 5/3/2024 às 11h13)
Compartilhar
Exibir comentários

O Linux está instalado em 4% de todos os computadores do mundo, de acordo com os dados de uso de sistemas operacionais durante o mês de fevereiro de 2024 publicados pelo site Statcounter. É a primeira vez que o SO ultrapassa a marca de quatro pontos percentuais desde que a página começou a medir a audiência no segmento, em 2009.

Foto: Douglas Ciriaco/Canaltech / Canaltech

O sistema já apresentava sinais de crescimento nos últimos meses, mesmo que tímidos — o domínio do cenário invariavelmente é dominado pelo Windows, seguido do macOS, e ambos somados ocupam 87,59% do mercado de computadores. O Linux começou o ano de 2023 com uma parcela de 2,9%, mas fechou o mês de dezembro do mesmo ano com 3,83%. Houve uma pequena queda para 3,77% em janeiro, mas enfim o sistema atingiu 4,03% no mês seguinte.

Possíveis causas

O Statcounter não justifica os motivos do crescimento do Linux, mas é possível trabalhar com algumas hipóteses. A primeira delas é um dos principais pontos positivos do SO: é uma ferramenta gratuita e de código aberto, portanto pode ser instalada rapidamente como uma alternativa para evitar as licenças pagas do Windows, por exemplo.

A segunda hipótese envolve os requisitos de instalação do Windows 11, já que a atual geração do SO da Microsoft exige que os computadores tenham o chip TPM 2.0 e pode deixar de inicializar em dispositivos com CPUs muito antigas. Muita gente ainda pode ter um PC com bastante vida útil, mas que não atenda a todos os requisitos, então o Linux surge como a migração mais simples e menos burocrática nesse sentido. 

Desde o lançamento do Windows 11, em outubro de 2021, até o final de fevereiro, a adesão ao Linux quase dobrou: de 2,08% em novembro de 2021 até os 4,03% mais recentes, segundo os dados do Statcounter.

Um terceiro motivo possível seria o aquecimento do mercado de desenvolvedores e outros segmentos similares, que normalmente usam o Linux como sistema operacional para essas tarefas.

Linux surge como opção para quem não consegue atualizar ao Windows 11 (Imagem: Douglas Ciriaco/Canaltech)
Linux surge como opção para quem não consegue atualizar ao Windows 11 (Imagem: Douglas Ciriaco/Canaltech)
Foto: Canaltech

Os SOs de computadores mais usados no mundo

Confira a lista do Statcounter, com dados atualizados em fevereiro de 2024:

  1. Windows (72,17%);
  2. macOS (15,42%);
  3. Desconhecido (6,1%);
  4. Linux (4,03%);
  5. Chrome OS (2,27%).

Você também pode conferir quais são os navegadores mais usados no mundo e no Brasil.

Trending no Canaltech:

Canaltech
Compartilhar
Publicidade
Publicidade