PUBLICIDADE
URGENTE
Saiba como doar qualquer valor para o PIX oficial do Rio Grande do Sul

Futura estação espacial vai ter internet dos satélites Starlink

A startup Vast anunciou que quer usar a conectividade dos satélites Starlink em sua futura estação espacial Haven-1, com lançamento previsto para 2025

12 abr 2024 - 13h51
(atualizado às 18h30)
Compartilhar
Exibir comentários

A estação espacial Haven-1, da startup Vast, vai contar com a internet dos satélites Starlink. Em um comunicado publicado na terça-feira (9), a empresa anunciou que o futuro complexo — e outros que ainda vão ser construídos — vai ter terminais intersatélite a laser, que permitem a comunicação com os satélites da SpaceX.

Foto: Vast / Canaltech

Max Haot, diretor executivo da Vast, afirmou em uma entrevista que vão usar terminais fornecidos pela SpaceX. Já Gwynne Shotwell, presidente da empresa da qual Elon Musk é CEO, anunciou em uma conferência que a companhia deve vender a clientes os terminais de comunicação a laser criados para os satélites Starlink. Com os dispositivos, os satélites "conversam", transmitindo informações entre si. 

A SpaceX trabalha na constelação de satélites Starlink oficialmente desde 2019 e planeja lançar dezenas de milhares deles; cerca de 5.700 satélites estão em operação no momento. "Esperamos que a rede e a posição de liderança tecnológica deles continue e acelere com o tempo, que é o porquê de estarmos felizes em ter a chance de fechar uma parceria com a SpaceX para implantar a primeira conectividade a laser deles em uma estação espacial", acrescentou Haot.

Por enquanto, a ideia é que a Haven-1 tenha quatro terminais, que devem ser suficientes para oferecer cobertura completa. Já os dispositivos a laser devem ampliar as radiofrequências usadas em comunicação com estações em solo. 

A Vast quer que sua estação espacial Haven-1 seja a primeira a usar a internet dos satélites Starlink (Imagem: Reprodução/Vast)
A Vast quer que sua estação espacial Haven-1 seja a primeira a usar a internet dos satélites Starlink (Imagem: Reprodução/Vast)
Foto: Canaltech

Os terminais Starlink, por sua vez, vão oferecer conectividade de um gigabit por segundo na Haven-1. "Você pode abrir seu notebook, iPad ou iPhone e ligar para a sua família, fazer uma live ou assistir a um filme, se quiser', descreveu Haot em referência às experiências que os tripulantes da estação podem ter. 

Anunciada em 2023, a estação Haven-1 deve ser lançada em 2025 e vai ser formada por um único módulo, capaz de comportar até 4 pessoas por 40 dias. As cargas úteis da estação podem ser operadas mesmo que não haja ninguém a bordo.

No anúncio do projeto, a Vast revelou também que quer contar com a SpaceX para levar sua estação ao espaço. A empresa de Elon Musk também vai cuidar do transporte dos primeiros tripulantes para lá, que devem viajar em cápsulas Crew Dragon.

Fonte: VastSpace

Trending no Canaltech:

Canaltech
Compartilhar
Publicidade
Publicidade