PUBLICIDADE

EUA confirmam o primeiro caso da varíola dos macacos em bebê

CDC confirma os primeiros casos da varíola dos macacos em crianças. Além do bebê, outra criança está infectada

25 jul 2022 - 12h24
(atualizado às 14h20)
Compartilhar
Exibir comentários

Nos Estados Unidos, um bebê e outra criança foram oficialmente infectados pelo vírus da varíola dos macacos (monkeypox), segundo o Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC). Estes foram os primeiros casos da infecção confirmados em menores de 18 anos no país, segundo as autoridades locais.

Em comunicado, o CDC esclareceu que os dois casos da varíola dos macacos não estão relacionados — já que aconteceram em estados norte-americanos diferentes —, mas apontam para o aumento da transmissão comunitária do vírus. Em outras palavras, não é mais possível rastrear qual é a origem da doença.

Foto: Twenty20photos/Envato Elements / Canaltech

Na última sexta-feira (22), o CDC contabilizava 2,8 mil casos da varíola dos macacos. No entanto, este aumento expressivo de casos não é exclusivo dos EUA. Diante deste cenário, a Organização Mundial da Saúde declarou a doença como uma emergência internacional de saúde.

Crianças com a varíola dos macacos nos EUA

Quanto aos casos pediátricos da varíola dos macacos nos EUA, o primeiro é o de uma criança que vive no estado da Califórnia. Já o segundo é de um bebê, que não mora no país, mas estava na capital, em Washington, quando foi testado.

Até o momento, não foram detalhadas as idades dos pacientes, mas as duas crianças "estão bem" e a doença está controlada, segundo Rochelle Walensky, diretora do CDC. Para evitar complicações, ambas recebem o antiviral Tpoxx (tecovirimat) — ainda não disponível no Brasil.

Vale explicar que qualquer pessoa pode ser infectada pela varíola dos macacos. Embora a maior parcela dos casos esteja relacionada com homens adultos, o vírus pode ser transmitida para qualquer um. Segundo o CDC, o risco de complicações é maior para pacientes imunossuprimidos e crianças.

Canaltech
Compartilhar
Publicidade
Publicidade