PUBLICIDADE

Eleições 2022 | e-Título não poderá ser baixado no dia da eleição

O TSE anunciou que o aplicativo do título eleitor não poderá ser baixado no dia da eleição - realizada no domingo, dia 2 de outubro

28 set 2022 - 21h22
(atualizado em 29/9/2022 às 10h25)
Compartilhar
Exibir comentários

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) anunciou que não será possível realizar o download do aplicativo do título de eleitor digital no dia das eleições de 2022 - realizada neste domingo (2). A medida, que também foi aplicada em 2020, tem como objetivo evitar a sobrecarga do sistema.

Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil / Canaltech

O TSE ressalta a importância de emitir o documento digital com antecedência para evitar contratempos. "Tal medida visa ampliar a estabilidade do aplicativo que será utilizado, simultaneamente, por mais de 30 milhões de pessoas. Importante ressaltar que as pessoas que emitirem o app antes da eleição poderão utilizar o e-Título normalmente", diz o comunicado.

Para que serve o e-Título?

O e-Título substitui o título de eleitor. O aplicativo permite consultar o local de votação, seção eleitoral e emitir documentos, como certidão de quitação eleitoral, além de permitir justificar a ausência na eleição.

Apesar de contar com informações importantes para as eleições, não é necessário apresentá-lo no momento da votação. Para votar, só é exigido um documento oficial com foto, seja a carteira de identidade, passaporte, carteira de trabalho, carteira nacional de habilitação (CNH), etc.

Pode levar celular para o local de votação?

As novas regras sobre o uso de celulares e armas no dia das eleições não impedem o uso do e-Título como documento de identificação. Só é proibido entrar na cabine de votação, onde fica a urna eletrônica. O eleitor que desejar levar o celular, deverá deixá-lo no local indicado enquanto vota, sendo guardado pelos mesários.

Fonte: Uol

Trending no Canaltech:

Canaltech
Compartilhar
Publicidade
Publicidade