PUBLICIDADE

CPUs Intel ganham 10% de desempenho em update com nova BIOS

Uma atualização de BIOS em placas-mãe da AsRock gera um desempenho adicional de até 10% em processadores Intel Core da 14ª geração Raptor Lake Refresh

9 fev 2024 - 10h31
(atualizado às 13h46)
Compartilhar
Exibir comentários

A Intel já lançou a nova leva de processadores Raptor Lake Refresh no mês de janeiro, seguindo o padrão de modelos com consumo energético mais baixo e preços reduzidos. No entanto, uma atualização de BIOS em placas-mãe da ASRock melhora os níveis de performance dessas CPUs em até 10%.

Foto: AsRock / Canaltech

A ASRock anunciou que o novo update estará disponível para placas-mãe das séries 600 e 700, mas já se encontra pronto para download no recente chipset Z790 atualizado. Diversos modelos serão beneficiados por essa atualização, que contemplará motherboards renomadas do lineup da marca, como as linhas Taichi e Nova.

O update de BIOS, na verdade, faz parte de um novo microcódigo fornecido pela Intel, responsável por esse aumento de até 10% na performance. Com ele, há a opção de desabilitar o CEP (CurrentExcursion Power), que limita algumas capacidades de consumo energético desses processadores. Assim, as CPUs podem trabalhar com boost maior e gerar saltos de desempenho desse tipo.

Aumento de performance com nova BIOS da ASRock
CEP ativado CEP desativado Desempenho
Core i9-14900 38607 40123 +3,9%
Core i7-14700 32192 35431 +10%
Core i5-14600 21436 22540 +5,1%
Core i5-14500 19806 21823 +10,1%
Core i5-14400 16494 16570 +0,4%
Core i5-14100 9223 9322 +1%

CPUs intermediárias serão beneficiadas

Apesar de esses saltos de performance não acontecerem em todos os processadores, o fato dos 10% funcionarem bem no Core i5-14500 é uma ótima notícia para os usuários do nicho de entrada e/ou intermediário. Isso pode beneficiar os donos de placas-mãe com chipset B660 e B760, que apostam no custo-benefício.

Modelos topo de linha, como os i9, não devem ser tão afetados. Em contrapartida, o Core i7-14700 também ganha uma sobrevida, principalmente se considerarmos que a nova família do i7 acompanha 20 núcleos híbridos. 

Melhorias de performance são exclusivas de placas-mãe AsRock, por enquanto (Imagem: Divulgação/Intel)
Melhorias de performance são exclusivas de placas-mãe AsRock, por enquanto (Imagem: Divulgação/Intel)
Foto: Canaltech

Vale lembrar que usuários com processadores da geração Raptor Lake Refresh podem ganhar até 30% de desempenho adicional com recursos nativos da Intel, como o APO. A tecnologia é responsável por melhorar a performance de certos jogos, como Metro Exodus e Rainbow Six Siege de forma considerável. 

Fonte: AsRock

Trending no Canaltech:

Canaltech
Compartilhar
Publicidade
Publicidade