PUBLICIDADE

Qual é a diferença entre cobra e serpente?

Entenda de uma vez por todas qual é a diferença entre cobra e serpente. A dica é que não tem nada a ver com a produção de veneno: serpente é um termo mais amplo

2 mar 2024 - 05h00
(atualizado em 3/3/2024 às 14h57)
Compartilhar
Exibir comentários

Você já parou para pensar em qual é a diferença entre cobra e serpente? Muitas pessoas acreditam que se trata apenas de um sinônimo. Embora esses termos tenham uma relação direta, de fato, não possuem exatamente o mesmo significado, e podem ser utilizados com uma intenção distinta.

Foto: Pelooyen/Envato / Canaltech

O que é serpente

O termo "serpente" é utilizado de maneira mais técnica e abrangente, sob o objetivo de descrever todos os membros de uma subordem. A subordem Serpentes pertence à ordem Squamata, que abrange todos os répteis escamosos, incluindo serpentes e lagartos. Ou seja: é um grande grupo de animais, e a cobra é apenas um dos integrantes desse grupo.

Uma serpente é caracterizada por ter um corpo alongado e desprovido de membros. Dentro dessa subordem, existem muitas famílias e espécies diferentes, que podem ser encontradas em variados tipos de ambientes, seja na água, na terra, enterradas no solo ou mesmo em árvores.

Integrantes da subordem Serpente

A subordem inclui as famílias:

  • Elapidae, que abrange as serpentes marinhas e as cobras-capelo (najas); 
  • Viperidae, que engloba as víboras;
  • Boidaem família à qual pertencem as jiboias;
  • Colubridae, a grande família das cobras propriamente ditas, que falaremos a seguir.

Então, para se enquadrar no termo "serpente", é necessário ser um réptil sem patas para caminhar, com escamas e algumas capacidades específicas, como a de dilatar o estômago.

O que é cobra

Enquanto as serpentes representam um termo mais abrangente, as cobras são uma família dentro da subordem das serpentes, chamada Colubridae. Em outras palavras, todas as espécies de cobras também são serpentes.

Vale dizer que na maioria dos contextos, os dois termos são intercambiáveis, isto é, podem funcionar como sinônimos — inclusive, no dicionário da língua portuguesa eles são dados como tal. Mas, cientificamente falando, existem diferenças taxonômicas entre eles.

Toda cobra é uma serpente, mas nem toda serpente é uma cobra; na foto, uma cobra-verde (Imagem: Sagar Paranjape/Unsplash)
Toda cobra é uma serpente, mas nem toda serpente é uma cobra; na foto, uma cobra-verde (Imagem: Sagar Paranjape/Unsplash)
Foto: Canaltech

Taxonomia é o ramo da biologia que classifica os animais em reinos, filos, classe, ordem, família, gênero e espécie.

O que acontece é que a família Colubridae é o maior subgrupo de todas as serpentes, o que acaba gerando a confusão dos termos e fazendo com que as pessoas acreditem que se trata da mesma coisa. Para se ter uma noção, são cerca de 1800 espécies de cobras! A maioria delas não possui veneno, e as poucas espécies venenosas não possuem um aparelho eficaz para injetar a substância no ato da mordedura.

Alguns exemplos de cobras conhecidas são:

  • Caninana (Spilotes pullatus);
  • Cobras d'água (Helicops modestus e Liophis miliaris);
  • Surucucu-do-pantanal (Hydrodynastes gigas);
  • cobra-cipó (Chironius exoletus).

Serpente é venenosa e cobra não?

Um erro muito comum é acreditar que a distinção entre serpente e cobra se dá a partir do veneno. Muitos acreditam que a serpente é capaz de produzir veneno e a cobra não é. No entanto, a distinção em termos de veneno não é precisa.

Essa confusão ocorre porque a maioria das espécies de serpentes venenosas pertencem à família Elapidae, enquanto muitas cobras da família Colubridae não são venenosas. Mas seria equívoco dizer que isso é uma regra. Embora não tenham um aparelho injetor tão eficaz quanto o das serpentes, há muitas espécies de cobras venenosas.qual a 

Então um truque para entender qual é a diferença entre cobra e serpente é que: toda cobra é uma serpente, mas uma serpente não é necessariamente uma cobra (embora, na maioria dos casos, seja).

Viu só? Agora você sabe a diferença técnica entre os termos! Recapitulando: as serpentes são uma subordem da ordem Squamata, e as cobras são uma família dentro da subordem das serpentes! Toda cobra é uma serpente, mas a recíproca não é verdadeira.

Fonte: San Diego Zoo Wildlife Alliance, Nature

Trending no Canaltech:

Canaltech
Compartilhar
Publicidade
Publicidade