PUBLICIDADE
URGENTE
Saiba como doar qualquer valor para o PIX oficial do Rio Grande do Sul

Cartola traz melhorias para 2024 e mira Jogos Olímpicos com o Express

O Canaltech conversou com a equipe do Cartola FC para saber os detalhes das novidades do fantasy game na temporada de 2024

12 abr 2024 - 12h36
(atualizado às 18h28)
Compartilhar
Exibir comentários

Com mais uma edição do Brasileirão 2024 a caminho, muitos jogadores já preparam suas escalações para a nova temporada do Cartola FC, o fantasy game oficial da competição. O jogo desenvolvido pelo Grupo Globo recebeu atualizações para melhorar a experiência do app e trouxe novas formas de disputa, como um bolão do torneio.

Foto: André Magalhães/Canaltech / Canaltech

Por sua vez, o app Cartola Express, que abrange outras competições e modalidades esportivas, marca uma cobertura inédita do produto nos Jogos Olímpicos de Paris, além de competições internacionais de seleções de futebol.

O Canaltech esteve no evento de lançamento da nova temporada e teve a oportunidade de conversar com o Head do Cartola FC, Daniel Martins, e o Head de Produto e Operações do Cartola Express, Rafael Sbarai, sobre as mudanças na plataforma para o ano. 

Novidades para 2024

O Cartola FC trouxe várias melhorias na dinâmica do jogo, mas sem perder a essência de um fantasy game — jogo em que é possível montar um time e pontuar de acordo com a performance dos atletas na vida real. A plataforma mudou o sistema de valorização de jogadores para beneficiar o trabalho a longo prazo dos donos de times e pela primeira vez permite jogar uma liga no formato de pontos corridos contra amigos, além dos tradicionais formatos de mata-mata e maior pontuação geral.

Cartola FC traz bolão e nova liga com sistema de pontos corridos (Imagem: Captura de tela/André Magalhães/Canaltech)
Cartola FC traz bolão e nova liga com sistema de pontos corridos (Imagem: Captura de tela/André Magalhães/Canaltech)
Foto: Canaltech

As novidades não param apenas na organização da liga. O app do jogo também foi atualizado para incluir mais estatísticas e concentrar a atenção do usuário, como explica Daniel Martins:

"A gente sempre está trabalhando para fazer esse melhor aproveitamento dos recursos do Cartola, para ter uma experiência mais fluida. Cartola é um jogo social, não é? Então trabalhamos muito nessa coisa de amigos, de conectividade, de competição, para fazer com que o jogo seja mais social

Para esse ano, a reformulou a homepage do aplicativo, traz novos elementos e ícones para que o usuário consiga fazer uma navegação mais profunda dentro do app. Hoje, a gente tem uma jornada muito clara, do jogo: o usuário entra, escala o time, vai embora e volta para acompanhar as parciais de pontuação. Queremos que o usuário fique mais tempo no app, então tem muitos recursos dentro do aplicativo, como página de atletas repleta de estatísticas e de scouting. O usuário não precisa mais buscar isso fora do Cartola, ele tem isso dentro da jornada de consumo dele no app, consegue avaliar um jogador ou uma partida para tomar as melhores decisões". 

De olho nos Jogos Olímpicos

O Cartola Express amplia o ecossistema do jogo para além do Brasileirão, disponível em competições europeias de futebol, no basquete da NBA e no futebol americano da NFL. O ano de 2024 é muito importante no calendário esportivo com a chegada dos Jogos Olímpicos e a disputa dos torneios continentais de futebol Copa América e Eurocopa — e todos estarão no app.

A plataforma permitirá escalar os atletas nas modalidades de futebol masculino, basquete e do estreante tênis durante as Olimpíadas de Paris. Último medalhista do futebol, o Brasil não disputará a competição, mas existe a possibilidade de que grandes nomes do esporte estejam presentes por lá. No caso do basquete, o destaque fica por conta da fortíssima seleção dos Estados Unidos, com os nomes famosos da NBA. 

Rafael Sbarai aborda as novidades do app no ano, que incluem as novas competições e novas formas de benefícios aos usuários mais ativos:

"No Cartola Express, a gente vem muito focado em trabalhar as competições que permeiam o ano, junto com o Campeonato Brasileiro, que é o carro-chefe de toda a estrutura. Nós olhamos com mais carinho os usuários que estão mais próximos de nós, os mais engajados, e para essa temporada criamos um ecossistema baseado na maneira que as pessoas jogam. Quanto mais elas estiverem conosco mensalmente, elas vão ganhar alguns benefícios: chat com o time do Cartola Express, bônus exclusivos mensais e suporte no atendimento".

Interação com o público

Perto de completar 20 anos de existência, o fantasy game construiu uma comunidade muito ativa nas redes sociais com dicas de escalações, cobertura da pontuação e, claro, muitos memes sobre quem se deu bem ou mal nas rodadas. 

Para o Head do Produto, Daniel Martins, a proximidade com os fãs ajuda a elaborar novidades e estimula o consumo do futebol no país:

"É um ecossistema muito forte do cartola, a gente tem uma relação próxima e boa com influenciadores, todo mundo que gera conteúdo de Cartola. A gente traz para conversar, pegar feedback, ouvir, discutir. Acho que é um ecossistema que ajuda a alimentar o Cartola: o jogo estimula o consumo de futebol, porque a gente cria uma necessidade, o usuário precisa assistir jogos, consumir vídeos e ler notícias sobre esporte para jogar bem, então é todo um ciclo. O fantasy game tem esse lado, de fomentar outras formas de consumo dentro do ambiente do esporte".

Uma novidade que chegou em 2024 foi o tradicional bolão, que faz sua estreia no Brasileirão dentro da plataforma. Martins explica que isso é fruto das conversas com a comunidade:

"Estamos sempre de olho nas redes sociais, tem uma troca muito legal, é muito aberto. O bolão foi uma dessas coisas, o pessoal fica órfão de Cartola entre janeiro e março, e a gente trouxe o bolão com o papel de estar no período em que o Cartola não traz nenhum outro entretenimento".

Futebol brasileiro nos games

Vale lembrar que o Cartola FC é um dos poucos jogos com acesso aos clubes e atletas do Brasileirão — o torneio não é inteiramente licenciado nos simuladores EA Sports FC e eFootball, por exemplo, e não conta com os nomes reais dos times na franquia Football Manager. Assim, muitos torcedores não têm a oportunidade de jogar com os craques dos times do coração.

Na visão de Daniel Martins, isso é um fator que aproxima o fã de futebol e aumenta a vontade de consumir o esporte local:

"É um privilégio ter todos os direitos justamente porque cria nossa relação direta com o consumidor. Eu jogava muito International Super Star Soccer e tinha o Allejo, em vez do pelé, então o processo cognitivo era muito mais complexo. Ficava um pouco mais distante para você criar empatia pelo jogo, construir essa relação de fã.

Então, a gente leva muito essa responsabilidade de ser o fantasy oficia, ter as marcas oficiais, usar as imagens dos atletas. Isso para nós é incrível, porque cria uma conexão com o torcedor que é muito forte, e não só com o torcedor dos clubes, mas com o apaixonado por futebol. Falam que o Cartola ajuda a conhecer futebol brasileiro, você vai descobrindo expoentes que vão se tornando famosos por causa do jogo.

O fato de termos os direitos é benéfico ao futebol, porque a gente consegue mostrar quem são os talentos, a galera que está vindo da base. A pessoa vai acompanhar o seu time e dificilmente vai acompanhar uma gama muito grande, mas faz o esforço de descobrir quem são os atletas. Acho que a gente contribui ao desenvolvimento do futebol brasileiro, indiretamente, isso é muito legal, um papel muito importante para o produto e para o ecossistema do futebol como um todo".

O Cartola FC e o Cartola Express estão disponíveis para Android e iOS — não esqueça de manter os apps atualizados para acessar as novidades.

Trending no Canaltech:

Canaltech
Compartilhar
Publicidade
Publicidade