PUBLICIDADE

Agora você pode usar o ChatGPT sem fazer login

ChatGPT liberado: não é mais necessário criar uma conta da OpenAI para conversar com a IA na versão gratuita

1 abr 2024 - 17h57
(atualizado em 2/4/2024 às 10h21)
Compartilhar
Exibir comentários

Já é possível usar o ChatGPT sem criar uma conta na plataforma nem ter que fazer qualquer tipo de login. A OpenAI, criadora do chatbot, anunciou a mudança nesta segunda-feira (1º) e liberou o acesso à ferramenta. No entanto, se você quer salvar o histórico de conversas com a IA, um login segue necessário.

Foto: Frimufilms/Freepik / Canaltech

Desde o lançamento, no final de 2022, a versão gratuita do ChatGPT exigia um cadastro por e-mail, conta do Google ou ID Apple. Em nota, a empresa diz que mais de 100 milhões de pessoas de 185 países diferentes já usam a ferramenta semanalmente, e o acesso sem login faz parte de um "objetivo para tornar a IA acessível a qualquer pessoa curiosa sobre suas capacidades".

Serviços pagos, como o DALL-E 3 e o ChatGPT Plus, ainda exigem uma conta cadastrada nos sistemas da OpenAI. A empresa ainda afirma que introduziu novos mecanismos de segurança para bloquear prompts de diferentes categorias. 

De olho na concorrência

Vale lembrar que o Copilot, que usa a mesma tecnologia que abastece o ChatGPT, também dispensa o uso de uma conta para acessá-lo. O Gemini, do Google, só pode ser usado a partir de uma conta da própria empresa — o que é comum entre pessoas que usam o Chrome. 

Como o processo de cadastro já era bem simples, a mudança não deve afetar a maioria dos usuários recorrentes, mas pode ajudar a aumentar o número de visitantes na plataforma. O site passou por uma queda no número de acessos no ano passado e a nova opção sem login pode atrair pessoas que precisam de uma consulta rápida com a IA, sem a necessidade de passar pelo processo de autenticação da conta.

ChatGPT já pode ser usado sem login (Imagem: Captura de tela/Douglas Ciriaco/Canaltech)
ChatGPT já pode ser usado sem login (Imagem: Captura de tela/Douglas Ciriaco/Canaltech)
Foto: Canaltech

Por outro lado, o fim das restrições também pode aumentar a presença de bots que usam a plataforma. Esses robôs poderiam extrair informações do ChatGPT para outros fins ou até causar lentidão no sistema devido ao excesso de pedidos.

Treinamento da IA pode ser desativado

A OpenAI também anunciou que cada pessoa desativar o uso das próprias conversas do ChatGPT para trienar os modelos de IA. Por padrão, o ChatGPT coleta os dados de cada interação para melhorar o modelo de linguagem (num processo que, inclusive, pode passar por supervisão humana), e por isso não é recomendável inserir dados sensíveis nos prompts.

Para isso, basta abrir as configurações do ChatGPT com uma conta cadastrada e desativar a opção "Melhoria do modelo".

Envio de dados para treinamento pode ser desativado (Imagem: Captura de tela/André Magalhães/Canaltech)
Envio de dados para treinamento pode ser desativado (Imagem: Captura de tela/André Magalhães/Canaltech)
Foto: Canaltech

Em outros assuntos, a desenvolvedora também revelou a criação de uma IA capaz de clonar a voz humana, ainda em fase de testes.

Trending no Canaltech:

Canaltech
Compartilhar
Publicidade
Publicidade