PUBLICIDADE

Pai de Neymar recebe voz de prisão após denuncia de crime ambiental

22 jun 2023 - 17h07
(atualizado às 17h10)
Compartilhar
Exibir comentários

Na tarde desta quinta-feira (22), A Polícia Civil e a Prefeitura de Mangaratiba fizeram operação na casa do jogador Neymar Jr. em Mangaratiba no Rio de Janeiro.

Uma obra no local que fica a 85 km de distância da capital carioca, foi interditada durante a ação após denúncia de crime ambiental.

Segundo  informações do portal G1, a denúncia é de que foi construído no local um lago artificial que promoveu desmatamento, quebra de rocha e desvio de um rio. Um lago foi interditado e será aplicada uma multa ao jogador.

Foto: Divulgação / The Music Journal

O pai de Neymar, Neymar da Silva Santos, estava no local durante a ação e recebeu voz de prisão após se alterar com Secretária de Meio Ambiente de Mangaratiba, Shayenne Barreto.

Após se informado que seria autuado administrativamente e que a obra ficaria embargada até que ele apresente todas as licenças necessárias para a intervenção, Neymar Santos se irritou e fez alguns questionamentos, entre eles, se não poderia continuar usando a sua casa.

Mesmo sendo informado que poderia usar as dependências de sua casa, exceto a parte da construção que foi interditada, o pai do jogador continuou ponderando e recebeu voz de prisão, mas amigos da família que estavam presentes intervieram e pediram para que ele se acalmasse, enquanto outros conversaram com as autoridades.

Pai de Neymar após receber voz de prisão em Mangaratiba
Pai de Neymar após receber voz de prisão em Mangaratiba
Foto: Divulgação / The Music Journal

Em nota, a Prefeitura de Mangaratiba esclareceu que durante a operação a secretária Shayenne Barreto foi desacatada pelo pai de Neymar e lhe deu voz de prisão.

A medida foi tomada com base no artigo n° 331 do Código Penal, que torna crime o desacato ao funcionário público no exercício da profissão. Entretanto, considerando o princípio da razoabilidade e diante a um pedido da assessoria do senhor Neymar Santos, o mesmo foi liberado para cumprir um compromisso em São Paulo.

Em nota, a Prefeitura de Mangaratiba informou que a obra na mansão do jogador Neymar, no condomínio Aero Rural, em Mangaratiba, foi interditada, durante uma operação de fiscalização da Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Mangaratiba, em conjunto com a Polícia Militar Ambiental, a Polícia Civil e agentes do Grupamento de Proteção Ambiental do município.

A ação se deu após denúncias baseadas em postagens de redes sociais, que mostravam uma grande obra sendo feita, sem autorização ambiental, na propriedade do jogador.

As obras do lago que Neymar mandou construir em sua casa em Mangaratiba (RJ) —
As obras do lago que Neymar mandou construir em sua casa em Mangaratiba (RJ) —
Foto: Reprodução/Instagram / The Music Journal

Diversas infrações ambientais foram descobertas pela equipe da prefeitura, tais como:

  • desvio de curso de água;
  • captação de água de rio sem autorização;
  • captação de água para lago artificial;
  • terraplanagem;
  • escavação;
  • movimentação de pedras e rochas sem autorização;
  • aplicação de areia de praia sem autorização ambiental.

Multa estimada em R$ 5 milhões

De acordo com a equipe da Secretaria de Meio Ambiente, o próximo passo será fazer o parecer das irregularidades constatadas e emissão de multa, a qual, segundo estimativas e diante do dano ambiental causado, não será menor que R$ 5 milhões.

Foto: Divulgação / The Music Journal
The Music Journal The Music Journal Brazil
Compartilhar
Publicidade
Publicidade