PUBLICIDADE

Trem poderá ligar Gramado, Canela e outras cidades

Linha férrea de 372 quilômetros de extensão poderá um dia conetar Bento Gonçalves a Vacaria, passando pelas principais cidades da região

24 mai 2022 12h14
| atualizado em 28/5/2022 às 02h50
ver comentários
Publicidade

O projeto de um trem regional ligando as principais cidades da Serra Gaúcha é antigo, mas voltou a ser discutido e foi o principal assunto da última reunião mensal da Associação dos Municípios da Serra (Amserra). A ideia é construir uma linha férrea de 372 quilômetros de extensão ligando Bento Gonçalves a Vacaria, com paradas em todas as principais cidades da região.

Igreja Matriz São Pedro, no centro de Gramado.
Igreja Matriz São Pedro, no centro de Gramado.
Foto: Turismo de Gramado/Reprodução / Viagem e Turismo

Cambará do Sul, Canela e Nova Petrópolis já teriam autorização para participar da iniciativa. Também estavam presentes na reunião o prefeito de São Francisco de Paula e o vice-prefeito de Gramado.

O presidente do consórcio, Arnildo Schildt, afirma que a ideia já tem o apoio do Governo Federal e atraiu o interesse de investidores da China e dos Estados Unidos. O investimento total seria de US$ 1,5 bilhão e o projeto seria concluído até o mês de novembro. Segundo Schildt, a lei brasileira permite que os vagões circulem a uma velocidade máxima de 40km/h, mas já foi feito um pedido para que seja liberada a velocidade máxima de 80km/h nessa nova rota.

Na quarta-feira (25), haverá um novo encontro de líderes municipais em Caxias do Sul para finalizar o projeto do trem regional na Serra Gaúcha. O projeto ainda parece estar longe de ser concretizado, dado o tamanho do investimento e apesar do suposto prazo de entrega. Resta então aguardar novos capítulos.

Viagem e Turismo
Publicidade
Publicidade