PUBLICIDADE

Sexóloga ensina 7 passos para reacender a intimidade sexual

Exercícios em que os parceiros se revezam no controle são a aposta para melhorar a relação do casal

17 abr 2015 17h33
ver comentários
Publicidade

Manter a intimidade sexual viva em um casamento é uma escolha e requer algum trabalho, segundo a sexóloga Dawn Michael, que indica se dedicar a buscar tempo de qualidade com o outro para fortalecer o vínculo. Confira sete passos para manter a chama acesa, listados pela especialista no site Your Tango:

Siga Terra Estilo no Twitter

1. Tocar o rosto
A maneira mais eficaz de trabalhar a intimidade no casamento é apostar em exercícios com turnos. Cada cônjuge é responsável pela iniciação das tarefas em algum momento, revezando-se no controle.

A primeira proposta é tocar o rosto, cabelos, lábios e orelhas do outro, sempre fazendo isso para o seu próprio prazer. Não é permitido conversar enquanto coloca o exercício em prática, apenas depois, quando deve-se falar o que sentiu. 

Foto: iStock / Getty Images

 

2. Planeje dois dias com toque íntimo
Separe dois dias para fazer a atividade, que consiste em um dos parceiros se deitar nu com as costas para cima, enquanto o outro o toca e acaricia com as mãos e lábios. Não é permitido conversar e nem tocar os órgãos genitais. Conecte-se com a cara metade, sinta suas reações, mas toque-a para seu próprio prazer. Reveze o comando. Depois, falem sobre a experiência e do que gostaram ou não.

Foto: iStock / Getty Images

 

3. Noite do encontro
Conversas íntimas podem ter um impacto profundo sobre a excitação sexual. Marque uma noite especial só para os dois, como um encontro. Falem sobre o que gostariam de fazer para excitar o outro e como gostam de ser estimulados. O objetivo desse exercício é criar desejo e manter a paixão.

Foto: iStock / Getty Images

 

4. Aumente o toque sensual
Depois de concluir as três primeiras etapas, está na hora de se deitar nu com a barriga para cima enquanto o outro o toca de maneira sensual, sempre lembrando que pessoa no comando faz isso para seu próprio prazer. Esteja atento ao outro e note o que gosta e o que o deixa desconfortável. Troquem de posições e, depois, conversem sobre as sensações.

Foto: iStock / Getty Images

 

 

5. Adicione lentamente a intimidade sexual
Todos os passos anteriores servem para criar intimidade. A quinta etapa é para adicionar intimidade sexual. Beijem-se e, depois, sentem-se na cama. O que ficar por trás comanda o toque. Quando se aventurar na região íntima, usa um toque suave, tendo tempo para explorar. A proposta não é levar o outro ao orgasmo ou transformar a situação em uma experiência sexual. Se o clímax acontecer, tudo bem, mas esse não é o objetivo. No fim, conversem.

Foto: iStock / Getty Images

 

6. Explore o corpo do outro com amor
Esta etapa é de estimulação e uma maior compreensão das zonas eróticas do parceiro. Ter o controle do prazer de alguém também deve ser emocionante e agradável para você. Explore o corpo todo do companheiro, tendo permissão para levá-lo ao orgasmo, mas sem penetração, apenas com toques, beijos, chupões e até mesmo um brinquedo sexual.

Foto: iStock / Getty Images

 

7. Finalmente, o sexo
Depois de todas as etapas concluídas, chegou a hora do sexo propriamente dito. Revezar-se no comando pode ser divertido, assim como criar uma cena ou preparar uma noite especial. O ato torna-se menos do evento principal e mais do jogo sexual. 

Foto: iStock / Getty Images

 

Kama Sutra: posições intensas e prazerosas Kama Sutra: posições intensas e prazerosas

Fonte: Ponto a Ponto Ideias Ponto a Ponto Ideias
Publicidade
Publicidade