Profissionais com altos salários fazem menos sexo

Segundo estudo, quem ganha mais de R$ 185 mil por ano tem relações sexuais apenas uma vez por semana

8 mai 2014
19h18
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Pessoas com salários menores fazem sexo várias vezes por semana
Pessoas com salários menores fazem sexo várias vezes por semana
Foto: Getty Images

Profissionais de alto escalão podem ter casas maiores e carros mais chamativos, mas estão perdendo a qualidade na vida amorosa, segundo pesquisa. Apenas 4% das pessoas com salários elevados têm relações sexuais todos os dias, enquanto o número triplica para pessoas de baixa renda. Quando o salário ultrapassa R$ 185 mil por ano, a frequência do sexo cai para apenas uma vez por semana. As informações são do Daily Mail.

Em contraste à vida sexual dos mais bem sucedidos, apenas 17% das pessoas que recebem menos de R$ 55 mil por ano fazem sexo somente uma vez por semana. O grupo intermediário, com salários entre R$ 55 mil e R$ 125 mil, tem relações sexuais várias vezes por semana.

Enquanto os profissionais que ganham mais dinheiro fazem sexo com menos frequência, são mais aventureiros nos lençóis. Cerca de 45% dos que ganham mais de R$ 185 mil anuais já experimentaram relação sexual a três, contra apenas 19% dos que que têm rendimento de R$ 55 mil por ano. Do grupo dos bem sucedidos, 83% já tentaram sexo ao ar livre, contra apenas 66% dos profissionais com salários menores. Os mais ricos também procuram mais brinquedos eróticos para apimentar as relações.

De acordo com levantamento feito pela empresa de brinquedos sexuais Lovehoney, com 1,6 mil pessoas, profissionais que possuem papel dominante no local de trabalho preferem posição mais passiva no quarto.

 

Veja também:

De andador, veterano de guerra de 99 anos arrecada milhões para saúde pública britânica
Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade