PUBLICIDADE

Conheça 3 alimentos afrodisíacos para animar a noite

Alguns alimentos possuem função vasodilatadora e estimulam o organismo

30 jul 2015
15h54 atualizado às 15h58
0comentários
15h54 atualizado às 15h58
Publicidade
Foto: iStock

Não é preciso ser Dia dos Namorados para querer apimentar a noite. Mas será que essa expressão combina e a pimenta é um dos chamados alimentos afrodisíacos? E com o frio, uma fondue de chocolate vai bem para esquentar um jantar a dois?

Siga Terra Estilo no Twitter

Alguns alimentos são reconhecidos como detentores de características específicas, como o café ser estimulante, por exemplo. Mas daí a terem outros poderes, que pudessem influenciar na vida sexual das pessoas, é algo que muitos desejam e buscam, mas que nem todos acreditam.

Não é de hoje que o homem procura alimentos que possam aumentar seu vigor, seja para fins sexuais ou ainda para se sentir mais forte e enfrentar uma guerra. Existem registros até mesmo na Mitologia Grega. Vêm dessa época expressões como "manjar dos deuses" e até mesmo "lua de mel".

Para entender mais sobre alimentos afrodisíacos, a professora Sarah Winck Almeida, do curso de Gastronomia da Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos), em São Leopoldo-RS, listoutrês deles e explicou por que eles recebem esse título.

Conheça alimentos afrodisíacos para esquentar o clima!

Ostra

É considerada um dos alimentos mais afrodisíacos. Sua ingestão abastece o corpo com dois aminoácidos raros, ácido D-aspártico e N-metil-D-aspartato, que ocasionam aumento nos níveis de testosterona em homens e de progesterona em mulheres.


Pimenta

É um dos alimentos mais poderosos para a libido. Pode aumentar a frequência cardíaca e a circulação do sangue, além de provocar reações no corpo, como a transpiração.


Chocolate

Ótimo estimulante, é similar à cafeína. Dá mais pique e libido e ainda ajuda na produção deserotonina, que melhora o humor e o bem-estar. O cacau é também uma fonte de feniletilamina, que fornece a sensação de prazer e libera a serotonina no cérebro da pessoa, deixando-a mais relaxada.


Alimentos afrodisíacos existem mesmo?

Boa parte da composição de um jantar romântico está no cenário, no ritual, na escolha de elementos que já fazem parte do nosso imaginário de sedução por meio do que conhecemos pela literatura ou pelo cinema. Por isso, alguns ainda ficam em dúvida: será que é mesmo verdade que existem alimentos afrodisíacos? Ou é só um mito?

De acordo com a professora Sarah, mestre em Nutrição e Alimentos, já existem estudos com resultados sobre o poder dessas iguarias. “Os chamados alimentos afrodisíacos ajudam a estimular a libido, aumentam a vasodilatação e favorecem a irrigação em várias partes do corpo” explica.

Os afrodisíacos são considerados incentivadores do bom desempenho sexual, podem aumentar a produção de hormônios sexuais e atuar no sistema nervoso. Dentre esses alimentos, existem aqueles que favorecem a circulação sanguínea e possibilitam o aumento da lubrificação da mulher, bem como o prolongamento da ereção do homem.

Que tal apimentar a noite com um cardápio especial? Lembre-se que você sempre encontra novas dicas de amor e sexo no Vivo Mais Saudável.

Vivo Mais Saudável Vivo Mais Saudável, informação que faz bem.
Publicidade
Publicidade