0

Transar pode ajudar você a ter uma memória melhor

Memória a curto prazo pode ser beneficiada por atividades sexuais

28 jun 2018
17h51
atualizado em 29/6/2018 às 11h48
  • separator
  • comentários

Ter relações sexuais traz inúmeros benefícios para a saúde física e psicológica. Além de proporcionar prazer, a prática também potencializa a sensação de saúde e bem estar. E de acordo com um novo estudo publicado pelo periódico Archives of Sexual Behavior, transar pode fazer com que você lute contra a perda de memória.

Transar pode te ajudar a ter uma memória melhor
Transar pode te ajudar a ter uma memória melhor
Foto: eclipse_images / iStock

Como o estudo foi feito

Mark Allen, autor do estudo, e professor da Universidade de Wollongong na Austrália, reuniu dados de mais de seis mil adultos que eram maiores de 50 anos de idade. A equipe de pesquisa buscava encontrar detalhes sobre a dieta dos participantes, além de seus estados de saúde, bem-estar, e status sócio-econômico.

Após isto, os componentes da pesquisa preencheram um questionário sobre a frequência em que transavam. Os pesquisadores também pediram que eles fizessem um teste de memória.

Dois anos depois desses experimentos, os pesquisadores pediram que os participantes fizessem outro teste de memória, para averiguar se a memória deles havia decaído com o tempo.

Resultados

Allen e sua equipe descobriram que os participantes que praticavam mais sexo eram os que tinham a melhor memória após os dois anos, especialmente se eles eram mais velhos. Porém, sexo não era o único componente que potencializava a memória. Beijar e ter conexões emocionais intensas com o seu parceiro também se mostraram atividades importantes para o cérebro.

Conclusões

É importante reiterar que o estudo não prova que o sexo impede a perda de memória. Aliás, o estudo mostra que a tendência natural, é que a memória seja reduzida com o passar dos anos. Segundo os estudiosos, o sexo ajuda na memória a curto-prazo.

A memória a curto prazo é responsável por fazer você lembrar de coisas cotidianas, como por exemplo, o que você comeu no café da manhã. Já a memória a longo prazo, lhe faz relembrar acontecimentos do passado, como eventos da infância.

O motivo pelo qual o sexo ajuda na melhora da memória a curto prazo é porque o ato sexual faz com que ocorram maiores interações entre áreas do cérebro, como por exemplo, o hipocampo, principal sede da memória e do sistema límbico, que também é responsável pelas emoções e comportamentos sociais.

Minha Vida

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade