PUBLICIDADE

O que fazer diante de uma emergência bucal?

Ninguém está livre de uma lesão na boca ou uma dor de dente inesperada, não é mesmo?

20 ago 2021 10h00
Publicidade
Foto: Pexels

Ninguém está livre de uma lesão na boca ou uma dor de dente inesperada. Para piorar, às vezes essa emergência ocorre em momentos em que a ida ao dentista é inviável ou muito difícil. E aí, como lidar nessas situações? Embora a orientação de um profissional nunca deva ser dispensada, existem alguns caminhos que podem ser tomados para aliviar a dor ou o desconforto momentaneamente. Veja, abaixo, alguns recursos em caso de emergências bucais:

Queda ou quebra do dente
Coloque o dente em um copo com leite ou soro fisiológico, pois estes líquidos são capazes de manter vivas as células necessárias para um possível reimplante, e procure um dentista o mais rápido possível. O mesmo vale para quebra de pedaços maiores de dentes.

Sangramentos
Sangramentos abundantes são raros e podem estar associados a doenças graves. Portanto, procure um pronto-socorro hospitalar imediatamente. Se o sangramento for na língua ou lábios, em decorrência de algum corte, umedeça uma gaze com água filtrada e comprima a região para controla-lo. Se não cessar, procure um especialista.

Quebra ou deslocamento da mandíbula
Procure imediatamente um pronto-socorro e um profissional do setor de emergência bucomaxilofacial, que investigará possíveis fraturas nos ossos da face por meio de radiografias e tomografias.

Dor de dente inesperada
Analgésicos e anti-inflamatórios podem controlar a dor de dente até a ida a um profissional. No entanto, somente o dentista poderá diagnosticar o problema.

Bochecha inchada
O inchaço normalmente é consequência de uma inflação, então procure um dentista para identificar o motivo, que pode ser desde o acúmulo de algum alimento na gengiva até uma inflamação no dente ou osso.

Fonte: Equipe portal
Publicidade