0

Sarampo é diagnosticado em bebê de 11 meses em São José dos Campos

É o primeiro caso da doença na cidade nos últimos 20 anos. No Estado de São Paulo, houve 206 casos confirmados este ano

10 jul 2019
21h44
atualizado em 11/7/2019 às 11h05
  • separator
  • comentários

SOROCABA - Um bebê de 11 meses teve confirmado o diagnóstico de sarampo, nesta quarta-feira, 10, em São José dos Campos, interior de São Paulo. É o primeiro caso da doença na cidade nos últimos 20 anos. A criança do sexo masculino, moradora do Jardim Santa Inês, foi atendida em hospital particular e passa bem. Outros cinco casos estão em investigação no município. A Secretaria da Saúde vai intensificar a vacinação contra a doença.

Conforme a prefeitura, o bebê começou a apresentar os primeiros sintomas da doença, como febre, tosse, conjuntivite e manchas avermelhadas, no dia 14 de junho. Ele recebeu atendimento, mas não precisou ser internado e seu estado evoluiu sem gravidade. As ações de bloqueio começaram a ser feitas pelas equipes das unidades básicas de saúde sob a orientação da Vigilância Epidemiológica.

"Por se tratar de doença altamente contagiosa, mais de 60 pessoas, entre familiares, amigos e funcionários da unidade hospitalar que tiveram contato com a criança foram vacinadas", informou a prefeitura.

Também foi realizada vacinação de casa em casa nas redondezas de onde o menino mora, além da casa dos avós frequentada pela criança, totalizando cerca de 260 pessoas. Na região, havia sido registrado apenas um caso da doença, em maio deste ano, em Pindamonhangaba.

Vacina sarampo

No Estado de São Paulo, houve 206 casos confirmados este ano, segundo a pasta estadual da Saúde. Mais da metade dos casos (66%) se concentra na capital, com 175 registros. As ocorrências se tornaram mais frequentes nos dois últimos meses. Até meados de maio, eram apenas 36 os casos confirmados.

Tendo em vista o cenário epidemiológico atual do sarampo no Estado, a pasta estadual recomenda a imunização de resposta a casos suspeitos, abrangendo inclusive os locais frequentados pelos pacientes nas últimas três semanas.

Estadão
  • separator
  • comentários
publicidade