0

República Democrática do Congo declara epidemia de ebola no norte

12 mai 2017
13h19
  • separator
  • comentários

O ministro de Saúde Pública da República Democrática do Congo, Oly Ilunga Kalenga, informou nesta sexta-feira à Organização Mundial da Saúde (OMS) que foi declarada uma epidemia de ebola na região de Likati, na província de Baixo Uele, norte do país.

A decisão foi tomada depois de que o Instituto Nacional de Pesquisa Biomédica do país examinou cinco amostras de pessoas suspeitas de terem contraído o vírus do ebola e de que uma delas ter testado positiva. Ilunga solicitou a colaboração da OMS para responder de maneira rápida e efetiva à epidemia.

O Ministério de Saúde comunicou à OMS que desde 22 de abril foram registrados nove casos suspeitos de ebola, com três mortes notificadas em Litaki, o que implica uma mortalidade de 33% segundo as estimativas oficiais.

A OMS informou que trabalha no envio de pessoal especializado e material de proteção para reforçar a vigilância epidemiológica e controlar rapidamente a epidemia.

Foi detalhado que as primeiras equipes de especialistas, que incluem biólogos, especialistas em mobilização social, em água, higiene e saneamento, entre outros, chegarão entre hoje e amanhã a Litaki, cujo acesso é muito difícil.

O objetivo é iniciar o trabalho de acompanhamento de pessoas que tiveram contato com os casos suspeitos para conter o vírus dentro de um espaço geográfico.

O Ministério de Saúde do país disse que, com esta, já são oito as epidemias de ébola sofridas nacionalmente desde 1976, a última delas em agosto de 2014 na região de Boende, onde foi controlada rapidamente.

EFE   

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade