PUBLICIDADE

Jamie Oliver diz que ser saudável é considerado algo chique

Para chef inglês, a alimentação saudável virou algo restrito à classe média

25 ago 2015 14h01
ver comentários
Publicidade
Jamie Oliver tenta combater a indústria do açúcar em seu novo projeto
Jamie Oliver tenta combater a indústria do açúcar em seu novo projeto
Foto: Getty Images

Jamie Oliver admitiu que sua campanha para melhorar a dieta das crianças mais pobres do Reino Unido falhou porque comer bem é considerada uma preocupação “chique e da classe média”. As informações são do site do jornal britânico The Independent.

Siga Terra Estilo no Twitter

O chef inglês,que encabeçou um movimento para tornar a alimentação nas escolas mais saudável, disse que sua motivação inicial em melhorar a qualidade das refeições nas escolas caiu por terra. “Admito que não tive sucesso. Na Grã-Bretanha, comer bem, alimentar suas crianças corretamente e estar consciente sobre comida é considerado chique e para a classe média, mas a realidade é que na maior parte da Europa a melhor comida vem das comunidades mais pobres. E as comunidades mais pobres e difíceis de alcançar são as que estão sofrendo mais.”

Agora, Oliver tenta combater a indústria do açúcar. Em seu novo projeto no Channel 4, o chef se propõe a investigar o papel desempenhado por campanhas publicitárias para os alimentos e bebidas açucarados, além da grande quantidade de açúcar presente em produtos ditos “saudáveis”, que trazem como efeitos doenças como diabetes do tipo 2.

O inglês defende um imposto sobre o açúcar. “Metade do açúcar que você consome está escondido nos alimentos. A maior parte das calorias consumidas por nossos filhos está em refrigerantes açucarados", reforça. 

 

Fonte: Terra
Publicidade
Publicidade