0

Hidratação: importância e dicas para combater o forte calor

17 jan 2019
06h44
  • separator
  • comentários

Os dias de forte calor são um verdadeiro desafio à saúde. Pois, se o corpo é formado por cerca de 70% de água, é necessário cuidado extra com a hidratação, especialmente em épocas de calor intenso.

Como qualquer alimento, a quantidade de água que precisamos ingerir por dia é muito variável e depende de alguns fatores. Entre eles estão idade, peso, prática de atividade física, clima e a temperatura do ambiente. Por isso, durante o verão, quando o calor aperta, é preciso ficar atento e caprichar na ingestão do líquido.

A água pode ser consumida de diversas formas, in natura ou por meio dos alimentos. Muitas frutas, por exemplo, possuem entre 80% e 90% de água. Verduras e legumes cozidos ou na forma de saladas costumam ter mais do que 90% do seu peso em água. Em uma alimentação equilibrada, esses alimentos podem fornecer cerca de metade da quantidade de água necessária diariamente.

Uma alternativa para complementar a hidratação nos dias de calor é inserir nos lanches frutas como laranja e melancia, que são refrescantes e têm alto teor de água. Picolés preparados em casa com suco da fruta também são ótima opção, principalmente para as crianças.

As melhores escolhas

A preferência deve ser sempre pelo consumo da água pura ou saborizada com rodelas de limão ou folhas de hortelã. Café ou chá também podem estar presentes, mas é preciso cautela para evitar o excesso de açúcar. Produtos como refrigerantes possuem alta proporção de água, mas contêm açúcar ou adoçantes artificiais e vários aditivos. Por isso, podem ser considerados fontes adequadas para a hidratação.

Desidratação

Em casos de desidratação grave â?? que nas crianças geralmente está associada à diarreia ou vômitos â?? deve-se buscar na unidade de saúde mais próxima para a prescrição de soluções de hidratação oral.

Estadão

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade