1 evento ao vivo

Cuidados necessários para evitar a obesidade mórbida infantil

16 abr 2019
06h58
  • separator
  • comentários

O Dia de Combate à Obesidade Mórbida Infantil é apenas em 3 de junho. Mas a preocupação com o tema percorre o ano todo. Com o intuito de alertar a população dos perigos e da necessidade de prevenção, são realizados workshops e palestras para ensinar alimentação saudável e como inserir hábitos mais benéficos na vida das crianças.

A obesidade infantil é apontada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) como um dos maiores problemas do século XXI. Ela gera sérias consequências para a vida adulta, como diabetes tipo 2, doenças cardiovasculares e gordura no fígado, por exemplo.

Também na infância podem ocorrer casos de hipertensão, resistência à insulina, dificuldades respiratórias e outros.

Causas e tratamento

A causa da obesidade é multifatorial, envolvendo predisposição genética, fatores ambientais e comportamentais. Entretanto muito se atribui ao comportamento: uma vida marcada pela redução da atividade física, aliada a um padrão alimentar inadequado.

Para o tratamento de uma criança com obesidade, o ideal é que tenha o envolvimento de toda a família. Todos devem adotar hábitos saudáveis e praticar atividades físicas. Atenção redobrada com os passeios selecionados, comidas disponíveis na dispensa e as refeições efetuadas fora de casa.

A alimentação infantil correta e um estilo de vida saudável devem ser mantidos com a maior constância possível.

Sem milagres

Nada de dietas milagrosas ou qualquer outra busca funciona por resultados imediatistas. Não só as calorias devem ser levadas em conta, mas também a qualidade e procedência dos alimentos, as preferências alimentares de cada indivíduo, o aspecto financeiro e o estilo de vida.

Um nutricionista deve ser consultado para elaborar um plano alimentar adequado e flexível, que tenha como objetivo bons hábitos alimentares e quando necessário uma reeducação alimentar pertinente. Afinal, o que determina o sucesso de uma boa alimentação e uma vida mais saudável é a constância dos novos hábitos.

Estadão

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade