0

Consumo de suplementos alimentares exige muita atenção

4 jan 2019
10h17
  • separator
  • comentários

A busca por uma fórmula milagrosa que consiga esculpir sem muito esforço e em pouco tempo o corpo perfeito acaba atraindo um grande número de pessoas para o consumo sem controle de suplementos alimentares. Sem uma boa administração, essas substâncias podem oferecer riscos à saúde. Mas não adianta culpar os produtos. O erro está na falta de informação e no consumo sem critérios. 

Administrados de uma forma correta por profissionais qualificados, os suplementos alimentares podem sim contribuir na melhora da qualidade de vida e também no desempenho nos treinos. Em 2018, a Anvisa aprovou o novo marco regulatório para os suplementos alimentares. Além de melhorar o acesso dos consumidores a produtos de qualidade, a ação teve o objetivo de eliminar a veiculação de alegações sem comprovação científica.

Cada vez mais, esses produtos integram a rotina das pessoas. Pesquisa da Associação Brasileira da Indústria de Suplementos para Fins Especiais estima que 54% das casas brasileiras tenham ao menos um morador que consuma suplementos alimentares. 

Cuidados

O primeiro passo para quem pretende aproveitar os benefícios dessas substâncias é saber que não existe fórmula milagrosa. Sem a orientação de um profissional e uma alimentação balanceada, os sonhos podem se transformar em pesadelos. Lembre-se da famosa frase: sem dor, sem ganho. Esforço será necessário para conquistar o corpo desejado.

Dessa forma, procure um médico especializado no assunto ou um nutricionista. Passar por uma bateria de exames é uma ferramenta importante para detectar a necessidade ou não de incluir suplementos em sua dieta balanceada. 

Suplemento não é refeição

O nome é claro, mas alguns ainda acreditam que os suplementos alimentares são substitutos de refeições. Muito mais do que formar músculos, esses produtos podem contribuir na qualidade de vida, suprindo o corpo de nutrientes importantes que estejam faltando. Outra vantagem é melhorar a performance de atletas, trabalhando em conjunto com os alimentos na reposição dos gastos energéticos, enriquecendo a dieta ainda com vitaminas e sais minerais.

Existem também suplementos que ajudam no emagrecimento. Eles aumentam o metabolismo e auxiliam na eliminação da gordura corporal. Entretanto, vale mais uma vez destacar que o consumo exige o acompanhamento de um profissional. 

Pessoas que por algum motivo utilizaram remédios para controlar a tireoide, por exemplo, não devem consumir os termogênicos, que podem possuir hormônios capazes de desregular a produção natural do corpo.

Estadão
  • separator
  • comentários
publicidade