0

Como a menopausa precoce afeta a saúde

10 ago 2018
07h11
  • separator
  • comentários

A idade média de início para a menopausa "natural" é de 51 anos. No entanto, devido a genética, doença ou procedimentos médicos, algumas mulheres passam pela menopausa antes dos 40 anos. A menopausa que ocorre antes dessa idade, natural ou induzida, é conhecida como menopausa "precoce". Além de lidar com ondas de calor, alterações de humor e outros sintomas que acompanham a menopausa, muitas mulheres que passam pela menopausa precoce têm que lidar com outras preocupações físicas e emocionais. Por exemplo, como a menopausa sinaliza o fim dos anos férteis da mulher, é provável que uma mulher que queira engravidar tenha problemas. Os sintomas da menopausa precoce são muitas vezes os mesmos que os experimentados pelas mulheres que se submetem à menopausa natural.

Esses sintomas são um sinal de que os ovários estão produzindo menos estrogênio. Se a mulher tem menos de 40 anos de idade e sofre de alguma das seguintes condições, deve consultar o seu médico para determinar se está na menopausa precoce: foi submetida a quimioterapia ou radiação; Você ou um membro da família tem um distúrbio auto-imune, como hipotireoidismo, doença de Graves ou lúpus; Você tentou engravidar por mais de um ano sem sucesso; Sua mãe ou irmã teve menopausa precoce. Baixos níveis de estradiol, uma forma de estrogênio, podem indicar que seus ovários estão começando a falhar. Quando os níveis de estradiol estão abaixo de 30, isso pode indicar que você está na menopausa. Quando os níveis de FSH aumentam acima de 40 mIU / mL, geralmente indica que você está na menopausa.

Como todas as mulheres na menopausa, as mulheres na menopausa precoce experimentam níveis reduzidos de estrogênio, já que os ovários param a maior parte de sua produção desse hormônio. Baixos níveis de estrogênio podem levar a mudanças na saúde geral da mulher e podem aumentar o risco de certas condições médicas, como a osteoporose. Outros riscos à saúde associados à perda de estrogênio incluem aumento do risco de câncer de cólon e ovário, doença periodontal (gengiva), perda de dentes e formação de catarata.

Referência

https://www.webmd.com/menopause/guide/premature-menopause-symptoms?ecd=wnl_wmh_072118_default&ctr=wnl-wmh-072118-default_nsl-promo-v_2&mb=voAu2w9N73u3p993LPWFqRXFE73IOX1c0OaTzBd4F8E%3d

Estadão Conteúdo

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade