0

Cólera mata 64 pessoas em um único dia no Iêmen, segundo a OMS

12 jun 2017
13h32
  • separator
  • comentários

As mortes por cólera chegaram a 923 no Iêmen depois que 64 pessoas faleceram por decorrência da doença em apenas um dia, informou nesta segunda-feira a Organização Mundial da Saúde (OMS) no país árabe.

Desde 27 de abril, quando foi anunciada a epidemia, foram registrados 124.002 casos suspeitos de contágio da doença, segundo os dados da OMS divulgados nesta segunda-feira, quase 8.300 a mais que a cifra divulgada ontem por essa mesma agência das Nações Unidas.

Mais da metade dos doentes se encontra na província de Sana, onde fica a capital, seguida por Al Hudaydah e Amran.

Até o momento, a epidemia tem se alastrado por 20 das 22 províncias do Iêmen.

As infraestruturas sanitárias do país estão muito debilitadas pela guerra, que começou no fim de 2014, e o acesso à água potável também é deficitário.

Além disso, o Iêmen enfrenta uma crise de fome por causa da guerra, o que aumenta a vulnerabilidade dos doentes.

O cólera é uma infecção intestinal aguda causada pela ingestão de alimentos ou água contaminada com a bactéria "vibrio cholerae", que nos casos mais graves pode provocar a morte em poucas horas se o doente não receber tratamento.

EFE   

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade