PUBLICIDADE

Simulador de escada: 5 maneiras de queimar mais calorias

Entenda como utilizar o aparelho para aumentar a intensidade do treino e emagrecer mais rápido

9 mai 2022 08h28
ver comentários
Publicidade
Simulador de escada
Simulador de escada
Foto: Shutterstock / Sport Life

O simulador de escada é um ótimo aparelho para as pessoas que buscam aumentar sua resistência aeróbica, queimar gordura e fortalecer os músculos.  E o melhor de tudo: não é preciso ser um atleta em nível avançado para conseguir os benefícios desse equipamento, pois até mesmo os iniciantes são capazes de tirar bons proveitos. Utilizando apenas alguns minutos do seu dia, você pode conquistar pernas e glúteos mais firmes.

Como explorar o simulador de escada corretamente?

Mas, convenhamos, permanecer por um longo período no simulador de escada pode ser uma atividade chata. Algo que dificulta a conquista dos objetivos. Dessa maneira, para que o exercício "monótono" se torne um pouco mais dinâmico, existem algumas táticas que você pode usar. Confira as sugestões do educador físico Rafael Reis, para tornar sua experiência no aparelho ainda mais eficiente:

Subida correndo: fazer o equipamento em uma velocidade rápida ajuda no gasto calórico e na ativação muscular, porém sempre respeitando os limites. Caso não consiga fazer muito tempo em uma velocidade avançada, a sugestão é que você faça o treino de forma intervalada.

Treino intervalado: como o simulador de escada é um equipamento que exige grande gasto calórico, é difícil manter uma intensidade alta por muito tempo, por isso, fazer o treino de forma intervalada e uma ótima alternativa. Por exemplo: faça um minuto com uma velocidade avançada e depois faça 2 minutos de recuperação numa velocidade baixa, e assim por diante.

Subida com avanço: acrescentar o movimento de avanço é uma forma de intensificar seu treino. Suba dois ou três degraus, dependendo da escada e da sua altura, e abaixe o corpo flexionando os joelhos a 90 graus. Puxe a perna de trás e repita o movimento. Ele pode ser feito por tempo ou por repetições, tudo depende do condicionamento físico de cada praticante.

Subida com agachamento: suba um degrau, pare, faça um agachamento. Em seguida, repita o movimento, suba um degrau e repita o agachamento. O importante é sempre manter a posição correta, dê o maior número de passos que conseguir.

Escada mais um: uma forma interessante de intensificar o treino de escada é utilizar uma das variáveis citadas acima com outro exercício fora da escada. Por exemplo: um burpee. Dessa forma você deixa seu treino mais dinâmico e potencializa o trabalho corporal.

Recomendações

Segundo o professor, o simulador de escada é indicado para qualquer tipo de pessoa, desde que não sinta dores ao fazer. Subir escadas não é um esporte, mas pode ser considerado um exercício aeróbio muito bom para detonar calorias e queimar gordura. Se fizer com disciplina, você começará a perceber a redução de algumas medidas em duas ou três semanas.

Lembrando que o uso da escada não é indicado para pessoas que tenham lesões articulares, como condromalácia patelar ou desgaste no fêmur. A escada pode desencadear dor e sobrecarga nos joelhos, tornozelos e quadril. O professor explica que isso pode acontecer caso os músculos da coxa e da panturrilha não estejam fortalecidos.

Por isso, antes de iniciar qualquer atividade física procure um profissional capacitado. Ele saberá te avaliar e recomendar o melhor jeito para você executar o exercício com segurança.

Sport Life
Publicidade
Publicidade