PUBLICIDADE

Você acha que conhece as pessoas — mas não conhece!

Todas as pessoas são muito maiores do que você imagina. Entenda o Solipsismo e surpreenda-se com os outros e com coisas sobre si mesmo

8 mar 2021 18h03
Publicidade

A pessoa com quem você se relaciona não existe. As pessoas com quem você conversa não existem. Ninguém é o que você acha que aquela pessoa é, da mesma forma que as cores que você enxerga não são aquelas cores, porque isso depende da sua capacidade de ver. Os sons que você acha que ouve seriam diferentes se você fosse um cachorro, por exemplo, que tem a capacidade auditiva aumentada. Esse tipo de perspectiva filosófica é chamada de Solipsismo.

Cada pessoa que você julgou e colocou um rótulo nela, você está enganado. Pode ser que ela até tenha essa característica que você decidiu, mas ela também tem muitas outras. Todas as pessoas são muito maiores do que você imagina. E ao aceitar isso, você passa a entender que os relacionamentos não são um encaixe firme. Os relacionamentos são uma dança, na qual as pessoas vão se entendendo, se reencaixando, se separando.

As pessoas não são exatamente o que você acha!
As pessoas não são exatamente o que você acha!
Foto: MangoStar_Studio / iStock

É necessário que não exista a firmeza de um encaixe duro, mas a harmonia de um contínuo respeito, entendimento, reencontro. A pessoa que você acha que existe, não existe, mas existe alguém muito parecido. E se você se permitir a descobrir outras coisas sobre as pessoas, você vai, inclusive, descobrir coisas sobre si mesmo. Você irá se perdoar de defeitos que não sabia que tinha e, de repente, descobre. Você irá se admirar e colocar a sua energia em qualidades suas que você também não sabia que tinha.

Portanto, nada é exatamente do jeito que achamos que é. Porém, vamos redescobrindo e se aproximando sempre de uma verdade maior, com humildade no coração, admiração pela caminhada, compreensão pelos outros e por nós. Essa é a amorosidade da jornada!

Você acha que conhece as pessoas — mas não conhece!:

 

Seja Zen com Sat Seja Zen com Sat
Publicidade