PUBLICIDADE

O que significa amar?

O amor é uma energia essencial para a nossa experiência na Terra. E nós somos aprendizes dele

29 jan 2021
11h00 atualizado em 19/3/2021 às 12h07
11h00 atualizado em 19/3/2021 às 12h07
Publicidade

Amar e o amor são só uma energia, a mais importante de todo esse lugarzinho nosso no universo. Existem outras estrelas, planetas, dimensões, onde nós nos conectamos com o Infinito por outras energias – algumas que nem conhecemos. O amor é essencial para essa experiência na Terra.

A Terra é uma escola de amor e, mais especificamente, de um amor de resgate, de dar mil chances, de se recuperar, de ser perdoado e perdoar, de não se importar com os seus tropeços – o que conta é aquela vez que você finalmente conseguiu fazer certo.

E esse amor tão grande é algo que ainda estamos aprendendo. Um dia, um grande mestre nos disse: “Amai-vos uns aos outros”. Só que nós não entendemos o significado. Às vezes, achamos que o amor é sair abraçando todas as pessoas, chamar alguém para vir jantar – mas não é isso. Esse amor social é muito difícil de se ter com todos, porque seria um amor entre egos, que muitas vezes são incompatíveis, feitos de histórias e opiniões diferentes. 

Para amar de forma mais profunda é preciso amar de essência para essência, de alma para alma, de luz para luz. E é esse tipo de amor que vai nos conectando aqui na Terra. 

Aprendizes do amor

Nós somos aprendizes de todos os tipos de amor. Por isso, a experiência terrena é tão difícil com o amar e ser amado. No entanto, precisamos aprender a amar aqueles que nos amam e também aqueles que nos ferem. Precisamos aprender a nos amar, a amar a vida, o momento presente, o ar que entra nas nossas narinas e nos dá a vida. Precisamos aprender a amar o amor em si, e a vida que tudo permeia. 

Na experiência humana temos muitas chances de aprender essa lição. Por exemplo: às vezes, nascemos filho de alguém com quem é difícil um relacionamento. Mas o amor de mãe e filho, de pai e filha, nos dá a chance de amarmos sem nem entendermos a pessoa. 

O amor é uma energia essencial para a nossa experiência na Terra
O amor é uma energia essencial para a nossa experiência na Terra
Foto: PeopleImages / iStock

Existem várias formas de amor. O amor como ciúme é um amor distorcido de uma baixa vibração misturada com o medo de perder, mas ainda assim é amor. O amor de se encantar com quem gosta das mesmas coisas que você; o amor intelectual de quem ouve as mesmas músicas, gosta dos mesmos filmes; tudo isso ainda é amor. O amor de quem lhe toca e você gosta do abraço, do beijo, do carinho, isso também é. 

As várias formas de amor se expressam de maneiras diferentes, mas todas nos levam para um amor maior. Um amor de respeito, não de aprovação. 

Não é preciso aprovar para amar

Você já parou para pensar que não é necessário aprovar para amar? Você pode desaprovar intensamente uma pessoa da sua família ou do seu trabalho e, mesmo assim, ter um amor de amigo, um amor humano, um amor de irmão, querendo que a pessoa seja feliz. Isso não quer dizer que você deseja que ela seja bem-sucedida naquilo que você acha que está errado! Significa apenas que você deseja o melhor para todos os seres, em todos os instantes.

Amar é uma energia de expansão de consciência que faz com que tudo seja parte de você de maneira harmônica. Os seus defeitos e as suas qualidades são aceitos, a sua história é aceita. Amar é sempre unir: é uma energia de união. E quando você se ama está unindo o seu ser inteiro. Quando você ama sua família, você está unindo todas aquelas pessoas dentro de um conceito de família. 

Se você ama a vida, você está unindo todos os seres da sua consciência, sabendo que as folhas de uma árvore não são diferentes dos cabelos da sua cabeça e não são diferentes – em essência – das ondas do mar. Essa é a grande expansão da consciência do amor. 

Quando nos amamos profundamente, há essa expansão – começamos a descobrir para que a humanidade está aqui. Assim, aprendendo a amar e ser amado, vamos encontrando essa energia de união e descobrindo que, no fundo, nós todos nos conectamos com uma energia maior, a uma verdade maior, e que todos são filhos da mesma Luz.

Seja Zen com Sat Seja Zen com Sat
Publicidade