3 eventos ao vivo

Saiba como fazer doação de plasma para ajudar em pesquisas contra novo coronavírus

Atriz Fernanda Paes Leme, que está curada da covid-19, pretende entrar para lista de doadores

15 abr 2020
16h49
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Critérios para quem quer fazer doação de plasma

Para fazer a doação de plasma, é preciso ter em mente que a coleta é exatamente igual ao processo sanguíneo. É preciso estar saudável e seguir os seguintes passos:

- Estar alimentado. Evite alimentos gordurosos nas três horas que antecedem a doação de sangue.

- Caso seja após o almoço, aguardar duas horas.

- Ter dormido pelo menos seis horas nas últimas 24 horas.

- Pessoas com idade entre 60 e 69 anos só poderão doar sangue se já o tiverem feito antes dos 60 anos.

- A frequência máxima é de quatro doações de sangue anuais para o homem e de três doações de sangue anuais para as mulheres.

- O intervalo mínimo entre uma doação de sangue e outra é de dois meses para os homens e de três meses para as mulheres.

Onde pessoas curadas da covid-19 podem fazer a doação de plasma

Alguns institutos de medicina e pesquisa estão pedindo para que os curados do coronavírus possam fazer as doações de sangue para a separação do plasma. Em Campinas, a Universidade Estadual (Unicamp), a Faculdade de Medicina da USP, em São Paulo, e os hospitais Albert Einstein e Sírio-Libanês seguem com os estudos.

Em Ribeirão Preto, no interior paulista, o Hemocentro da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP) busca doadores. Eles pedem para que a pessoa tenha mais de 50 quilos e, no caso das mulheres, nunca ter engravidado. Antes da doação, haverá uma avaliação. Mais informações podem ser obtidas por telefone no número 0800-979-6049, via WhatsApp (16) 99399-1259 ou por e-mail no endereço doador@hemocentro.fmrp.usp.br.

Veja também:

Beirute: A mãe em trabalho de parto durante a explosão
Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade