PUBLICIDADE

Projeto Verão: ainda dá tempo de entrar em forma para 2022

Treinadora Gabriela Bahia revela segredos preciosos para conquistar o físico dos sonhos

1 nov 2021 12h29
| atualizado em 2/11/2021 às 18h20
ver comentários
Publicidade
Projeto Verão
Projeto Verão
Foto: Reprodução Instagram @gabriela_bahia / Sport Life

O projeto verão é algo que quase todo mundo já tentou fazer, pelo menos, uma vez na vida. Após meses de sedentarismo e preguiça, a aproximação do final do ano e da estação mais quente de todas costuma dar uma injeção de motivação fitness nas pessoas. Afinal, muitos querem estar com um corpo bacana para aproveitar os dias de sol, praia e piscina.

Acrescente esse desejo aos meses de confinamento que a pandemia de Covid-19 causou e teremos um cenário gigante de pessoas em busca de recuperar o tempo perdido.  Queimar umas gordurinhas a mais e ganhar uma certa definição para curtir o fim do ano é totalmente possível. No entanto, é preciso ficar atento à algumas ciladas que o famoso projeto verão pode provocar.

"Essas armadilhas acontecem quando a gente quer cortar tudo. Acreditar que para conseguir o objetivo final tem que treinar igual desesperado e tirar todos os alimentos que não são saudáveis. Isso não é sustentável. Você consegue por uma, duas semanas no máximo e na terceira você desanima. Isso é uma escada de um degrau só, onde você coloca um objetivo muito longe de onde está e, para chegar até ele, você precisa cortar tudo. Fica uma coisa impossível para encaixar na rotina e que te fará se sentir incapaz", conta a educadora física Gabriela Bahia.

Como iniciar o projeto verão

Segundo a treinadora, o primeiro passo para iniciar o projeto verão de forma segura e saudável é ter consciência do estágio físico e mental em que você se encontra no momento. Comparar o seu desempenho e o seu corpo com o de pessoas famosas, que levam uma vida regrada durante todo o ano, é um erro que, geralmente, acaba em frustração.

"Não adianta a gente ficar se comparando com o outro. É preciso ter clareza do próprio objetivo, ser sincero consigo mesmo e traçar um caminho. E ele não precisa ser tão rápido. O rápido pode ser muito prejudicial para saúde e mente. Quando você entende o caminho e o processo, a mente evolui também. A gente acaba criando um pensamento forte e você vê que é capaz", conta a especialista.

O importante, nesse momento, é buscar evolução, seja ela qual for. De acordo com Gabriela, para as pessoas totalmente sedentárias, incluir três dias de exercícios na semana, por exemplo, já será um passo. E não precisa ficar horas na academia. Se é possível fazer apenas 20 ou 30 minutos de atividades físicas durante o dia, já está de bom tamanho. "Se você não fazia nada e agora está disposto a se comprometer consigo, você já está em evolução. Todo mundo é capaz. Podemos construir um mindset muito mais fortalecido para atingir qualquer objetivo na nossa vida", diz.

É possível ter uma vida fitness sem renunciar à momentos de prazer

Muitas pessoas desistem ou nem tentam começar o projeto verão por acreditarem que vão precisar abdicar de hábitos prazerosos. Aquela pizza no final de semana, uma taça de vinho durante um jantar e até mesmo um docinho após o almoço. Nada disso precisa ser eliminado da rotina. O ideal é buscar equilíbrio para ter longevidade no estilo de vida fitness.

"Eu sempre entendi que o proibido pode gerar compulsão. Acredito muito mais na constância da atividade física e da alimentação. Não vai ter problema você comer algo errado, um chocolate, beber uma cerveja no final de semana. Constância é praticar aquilo todos os dias, repetidamente, por um longo tempo. Não é fazer um mês e ficar parado três, isso não é constância", explica Gabriela.

"É igual você escovar os dentes todos os dias. Quando achar essa constância também na atividade e na alimentação, não vai precisar se privar de nada. Se deixou de treinar por algum motivo, está tudo bem. Seu corpo pode dar uma inchada, mas, quando retornar para a rotina, ele vai entender e voltar. Está tudo bem! Você pode tudo a partir do momento que tem constância", completa.

Projeto Verão Que Lute 2.0

Para auxiliar as pessoas que querem conquistar um físico mais atlético no fim do ano, Gabriela criou o Projeto Verão Que Lute 2.0. Um programa de treinamento online, onde os alunos terão acesso à conteúdos sobre exercícios, alimentação e autoconhecimento. A iniciativa dura exatos três meses, tempo suficiente para evoluir o físico e aproveitar os dias quentes que estão chegando.

"Pensando num projeto bem animado e motivacional, eu coloquei mini metas para os alunos cumprirem, pois torna-se algo bem palpável. Às vezes, quando a gente vê algo longo, pode desanimar, por isso, o projeto é quebrado semanalmente. Falo que o aluno tem que focar naquela semana, dar o seu melhor agora e o resultado vai vir, sem ele perceber. A cada semana eles terão objetivos diferentes, relacionados à alimentação, novos hábitos e extra treino. Tudo super organizado dentro da minha plataforma", revela Gabriela.

O Projeto Verão Que Lute 2.0 já começou, no entanto, caso você entre agora, todas as aulas que já foram dadas estarão disponíveis em vídeo.

Serviço

Projeto Verão Que Lute 2.0 - Gabriela Bahia Crew

Site: gabrielabahiacrew.com.br

Instagram: @gabriela_bahia / @gabrielabahiacrew

Sport Life
Publicidade
Publicidade