PUBLICIDADE

Ons Jabeur bate Pegula e se torna a grande campeã do WTA 1000 de Madri

Em vitória inédita, a tenista tunisiana se tornou a primeira árabe a conquistar o WTA 1000 de Madri

9 mai 2022 13h40
ver comentários
Publicidade
Ons Jabeur vence o WTA 1000 de Madri
Ons Jabeur vence o WTA 1000 de Madri
Foto: Reprodução Twitter / Sport Life

No último sábado (07), Ons Jabeur venceu Jessica Pegula após uma disputa bastante equilibrada e conquistou o WTA 1000 de Madri, seu primeiro título na disputa de torneios deste nível. Jabeur também se tornou a primeira mulher árabe a conquistar o torneio.

Com a vitória por 2 sets a 1 (parciais de 7/5, 0/6 e 6/2), a tunisiana pulou para a sétima colocação no ranking WTA, enquanto Pegula ficou novamente de fora do top 10, ocupando o 11º posto.

A final do WTA 1000 de Madri

Jabeur saiu de 1/4 na primeira parcial, melhorou o saque e venceu seis dos últimos sete games para tomar a frente na decisão do torneio madrilenho. A tunisiana chegou a salvar set point da adversária sacando em 4/5.

Com uma baixa no desempenho de Jauber, Pegula empatou a partida anotando 6/0 na parcial. A americana perdeu apenas seis pontos com os dois saques, enquanto Jabeur não conseguiu vencer nem 40% dos pontos com os serviços.

O terceiro set começou com três quebras nos três primeiros games. Com mais uma quebra no sétimo game, Jabeur sacou para o título em 5/2 e encerrou a final na primeira oportunidade.

Premiação inédita

Independente do resultado da final, o WTA 1000 de Madri já teria uma campeã inédita, e foi Ons Jauber a grande vencedora. A tunisiana parabenizou a adversária Pegula por seu trabalho duro e também a sua própria equipe, comentando que apesar de terem perdido muitas finais, desta vez conseguiu ela conseguiu vencer. As duas tenistas mencionaram que esperam voltar para a próxima edição do torneio.

Quem é a campeã Ons Jabeur

Ons Jabeur, 27 anos, é natural de Ksar Hellal, Tunísia. Com o título do WTA 1000 de Madrid, a tunisiana se tornou a sétima tenista do mundo, subindo no ranking de top 10 - onde antes ocupava a 10º posição. 

Ela é a primeira jogadora árabe a ganhar um título júnior de Grand Slam (em 2011) desde que Ismail El Shafei ganhou o título masculino de Wimbledon em 1964. É também a primeira árabe a vencer o WTA 1000 de Madri, entre homens e mulheres.

Sport Life
Publicidade
Publicidade