3 eventos ao vivo

Não exija muito de você nessa quarentena durante pandemia do coronavírus

Livro 'Um Compromisso por Dia' propõe reflexões pontuais e acessíveis para o cotidiano

27 abr 2020
08h13
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

No início da quarentena, muita gente fez uma série de planos: perder peso, entrar em forma fazendo exercícios físicos diários, escrever um livro, arrumar aquele armário que há anos está bagunçado e por aí vai.

Agora, mais de um mês após o novo coronavírus chegar ao Brasil, muitos estão frustrados com os objetivos não concluídos. Estar comprometido consigo é muito mais do que apenas manter pensamentos positivos sobre si. É preciso mudança de hábito, inspiração e renovação.

Soma-se a isso a empatia, o desapego e a busca por autoconhecimento - esta última também através da psicoterapia. O Conselho Federal de Psicologia autorizou, desde o início da calamidade pública, o teleatendimento para pacientes que necessitem de apoio emocional.

Em paralelo a isso, o livro Um Compromisso por Dia, de Tadashi Kadomoto e Robson Hamuche, promete ajudar na busca por uma vida mais leve. "Todos os dias, temos a oportunidade de nos tornarmos melhores do que fomos ontem. Todo os dias, acordamos com o presente de estarmos vivos", afirma Kadomoto.

Uma das primeiras metas a serem alcançadas: a gratidão.
Uma das primeiras metas a serem alcançadas: a gratidão.
Foto: Divulgação / Estadão

A publicação reúne 365 dicas e conselhos, um para cada dia do ano, em formato lúdico e interativo.

Assim, o leitor pode preencher os espaços em brancos, como se escrevesse um diários sobre as emoções, boas e ruins, comportamentos e objetivos de vida.

Na primeira semana, é importante tentar enxergar coisas boas em situações não muito agradáveis.
Na primeira semana, é importante tentar enxergar coisas boas em situações não muito agradáveis.
Foto: Divulgação / Estadão

Uma das grandes causas de frustração dos indivíduos é o fato de se impor metas de vida pouco factíveis para o cotidiano.

A chamada autosabotagem prejudica o planejamento e pode ser uma pedra no sapato no caminho para alcançar um objetivo.

A pior mentira é aquela que inventamos para nós mesmos. Ao refletir sobre si, pense sobre autosabotagem. 
A pior mentira é aquela que inventamos para nós mesmos. Ao refletir sobre si, pense sobre autosabotagem.
Foto: Divulgação / Estadão

Há quem diga que gentileza gera gentileza. Que tal separar um dia para elogiar pessoas?

Experimente e depois faça uma análise de como foi o seu dia. Parar para pensar sobre isso pode te surpreender. Quantas vezes você pratica o afeto com outras pessoas?

Você já ouvir falar que gentileza gera gentileza? Agir assim pode ser recompensador.
Você já ouvir falar que gentileza gera gentileza? Agir assim pode ser recompensador.
Foto: Divulgação / Estadão

Às vezes, a gente quer tomar conta de tudo e de todos ao mesmo tempo. Mas quem cuida da gente? Reconhecer que temos nossas fraquezas e que precisamos de ajuda também é importante.

No livro, Kadomoto e Hamuche apontam: "Não faça tudo sozinho, peça ajuda. O maior risco que você corre com isso é o de ser ajudado".

Você pode fazer muita coisa sozinho, mas pedir ajuda pode ser importante. 
Você pode fazer muita coisa sozinho, mas pedir ajuda pode ser importante.
Foto: Divulgação / Estadão

Ficar na quarentena durante a pandemia do novo coronavírus pode fazer com que a gente fique ainda mais tempo no celular, em frente a televisão ou ao computador. Porém, podemos ficar imersos nesse mundo e deixarmos de observar ou refletir sobre nós mesmos e o que a vida nos reserva.

E uma das recomendações da obra é justamente essa: fazer um detox de tecnologia. Que tal tentar?

Ao ficar em casa na quarentena, ficar sem usar celular e computador parece impossível. Porém, é necessário reduzir o consumo de tecnologia para ter mais qualidade de vida.
Ao ficar em casa na quarentena, ficar sem usar celular e computador parece impossível. Porém, é necessário reduzir o consumo de tecnologia para ter mais qualidade de vida.
Foto: Divulgação / Estadão

Serviço:

Livro Um Compromisso por Dia

Autores:

Tadashi Kadomoto e Robson Hamuche

Editora: Gente

Veja também:

Beirute: A mãe em trabalho de parto durante a explosão
Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade