PUBLICIDADE

Musculação para iniciantes: 4 erros comuns que você precisa evitar

Especialistas apontam quais atitudes atrapalham os resultados de quem acabou de entrar na academia

28 set 2021 18h20
| atualizado às 19h23
ver comentários
Publicidade
Musculação para iniciantes
Musculação para iniciantes
Foto: Shutterstock / Sport Life

Musculação para iniciantes, geralmente, é uma verdadeira mistura de sentimentos. O primeiro treino costuma ser repleto de empolgação por resultados rápidos. Mas, logo no segundo dia, a dor muscular tardia já faz com que muitas pessoas pensem em desistir. O problema é que essa dor, na maioria das vezes, é normal e acontece mesmo. Afinal, um novo estímulo foi dado para a sua musculatura e ela demora um tempo para se adaptar completamente.

E é na fase de adaptação que alguns erros aparecem e precisam de correção o quanto antes. Já que persistir em alguns hábitos incorretos pode, à longo prazo, interferir nos resultados e acabar até mesmo provocando lesões. Por isso, ter cuidado, atenção e, principalmente, orientação é a chave para ter resultados rápidos, seguros e concretos na academia.

Deixar a musculação mais fácil para os alunos iniciantes e evitar erros bobos é uma tarefa simples, mas que depende muito da predisposição das pessoas em ouvir e aprender. Por isso, buscamos ajuda de dois especialistas em treino: Leandro Twin - assessor esportivo, educador físico e pedagogo - e Renato Cariani - químico, educador físico e atleta profissional IFBB. Os profissionais indicaram, em suas redes sociais, alguns erros comuns que costumam observar nas academias. E nós separamos as quatro principais atitudes que você precisa evitar. Confira:

1 - Falta de cadência no movimento

É comum que pessoas iniciantes na musculação ainda não consigam acompanhar o ritmo de treino dos outros alunos da academia. Afinal, é preciso paciência para evoluir. Um erro muito comum apontado por Cariani é quando as pessoas, com muita vontade de alcançar um nível de treino que ainda não possuem, começam a aumentar a carga e realizar movimentos sem a cadência necessária.

De acordo com ele, ajustar o peso para realizar uma contração eficiente, completa e sem pressa é fundamental para ter bons resultados. "Você controla a carga, não é ela quem te controla. Quando a carga está te controlando, você faz o exercício todo estabanado. Ou faz excessivamente rápido, com o objetivo de terminar logo", conta o especialista. Para Cariani, boas séries precisam durar entre 30 e 50 segundos.

2 - Se aventurar no mundo dos hormônios

Esse erro, normalmente, é atrelado à uma ansiedade por resultados rápidos. A pessoa entra na academia inspirada em algum atleta avançado, que dedica uma vida inteira para a musculação, visando alto desempenho e competições. Para alcançar o mesmo físico de seu ídolo, acaba apostando em estratégias perigosas, como utilizar hormônios sem acompanhamento médico.

"Tomem cuidado também ao pensar em usar esteroides e anabolizantes em uma evolução mais rápida. Não é tão simples assim esse esporte! Fazendo uma analogia é a mesma coisa que dar um carro de Fórmula 1 para uma pessoa que nunca dirigiu, ela não vai render e ainda corre riscos", explica Twin.

3 - Acreditar que suplementos são mágicos

Existem também aqueles que, para evitar o uso de anabolizantes, optam por investir alto em suplementos alimentares, acreditando que esse é o segredo para ter resultados rápidos e seguros.  Para Twin, acreditar muito no poder de um whey protein, por exemplo, também é um erro. "Algumas pessoas têm um pouco mais de receio dos esteroides, mas acabam descontando essa ansiedade tomando suplementos mesmo sem uma dieta equilibrada. Portanto, a dieta vem como primeira preocupação", pontua.

4 - Vergonha de pedir ajuda

Talvez esse seja o erro mais clássico. O iniciante na musculação, com vergonha de solicitar orientação para o professor, executa exercícios de maneira incorreta ou até mesmo desiste de realizar alguns movimentos. Um problema grave, que pode frear o desenvolvimento e gerar lesões. "Profissional de educação física é treinado e estuda para te auxiliar", lembra Cariani.

Sport Life
Publicidade
Publicidade