PUBLICIDADE

Mulheres nas Olimpíadas: Ouro de Ana Marcela Cunha na maratona aquática confirma a melhor atuação das brasileiras nos Jogos

Com oito pódios, as atletas somam quase metade das medalhas do Time Brasil

4 ago 2021 18h49
ver comentários
Publicidade
WhatsApp Image 2021 08 04 at 17.43.14
WhatsApp Image 2021 08 04 at 17.43.14
Foto: Time Brasil / Sport Life

A promessa do Comitê Olímpico Internacional (COI) para que 48% dos competidores fossem mulheres nas Olimpíadas de Tóquio não foi em vão. O Brasil sentiu os efeitos disso no quadro de medalhas e já traça a melhor trajetória feminina em uma Olimpíada! 

Somando ao quadro brasileiro, nesta quarta-feira, 04, Ana Marcela Cunha garantiu a medalha de Ouro na maratona aquática, e garantiu o oitavo pódio feminino para o Brasil. Até então, o melhor desempenho das atletas havia sido em Pequim (2008) quando conquistaram 7 medalhas.

Muito além do recorde de medalhas obtido, as mulheres destacam-se pelas conquistas históricas como a de Rebeca Andrade na ginástica artística. A paulista foi a primeira ginasta brasileira a vencer na modalidade. Com duas medalhas, Prata na competição por equipes e Ouro no salto, Rebeca deixou sua marca registrada nos ginásios de Tóquio e vai voltar para o Brasil com uma mala cheia de superação.

O emocionante bicampeonato para as velejadoras Martine Grael e Kahena Kunze na classe 49erFX, também estão nessa lista, além do destaque para o terceiro bronze consecutivo de Mayra Aguiar no judô. Mesmo passando por algumas lesões, a atleta não desmotivou e garantiu a medalha. Teve ainda o bicampeonato para as velejadoras Martine Grael e Kahena Kunze na classe 49erFX.

E como esquecer do primeiro Ouro com a fadinha, Rayssa Leal. A atleta de 13 anos é a brasileira mais jovem a garantir medalha nos Jogos. A lista ainda conta com o bronze das tenistas Laura Pigossi e Luisa Stefani nas duplas. 

O mais interessante de tudo é que faltam menos de 5 dias para o final das Olimpíadas e as mulheres ainda prometem superar os recordes obtidos até o momento. Isso porque já temos duas semifinais garantidas: A da seleção feminina de vôlei, que venceu a Rússia nesta quarta-feira, 04, e garantiu a vaga na semifinal, e a da boxeadora Bia Ferreira, na categoria peso meio-leve.

Fonte: CNN Brasil

Sport Life
Publicidade
Publicidade