PUBLICIDADE

Gestação precisa ser acompanhada de dieta e atividade física

Dieta adequada e atividade física geram melhorias em até 80% dos casos dos distúrbios metabólicos na gestação, segundo estudos

30 abr 2021
0comentários
Publicidade
Gestação precisa ser acompanhada de dieta e atividade física
Gestação precisa ser acompanhada de dieta e atividade física
Foto: Shutterstock / Sport Life

A mudança de rotina e o acúmulo de funções ao longo das últimas décadas, como as longas horas de trabalho, somando-se às tarefas domésticas, refletiu no estilo de vida e, consequentemente, trouxe prejuízo à saúde das mulheres. Por isso, queremos levar uma dica importante à elas no Dia Nacional da Mulher, 30 de abril. Há conhecimento que o metabolismo da mulher durante a gestação passa por diversas alterações. Portanto, estar grávida no século XXI tem uma conotação totalmente diferente do que se vivia no passado.

É necessário atentar ao estilo de vida da mulher moderna, repercutindo negativamente na sua saúde. Para prevenir doenças e ter uma gestação tranquila, deve-se atentar aos hábitos de vida da mulher, desde o período preconcepção. Sabe-se que hoje, grande parte das doenças do adulto tem origem no período fetal, durante a gestação da mãe.

Segundo a Dra. Carla Delascio, ginecologista e obstetra especializada em nutrologia do Centro de Saúde da Mulher da Pro Matre, para prevenir que as mulheres adoeçam, principalmente durante o período gravídico, a visão holística da paciente é fundamental. O acompanhamento com o médico especializado permite ter uma visão integrada da paciente e priorizar as questões físicas, mas também a saúde mental, emocional e social. Por meio de anamnese e exame físico detalhados, o médico avalia a necessidade de exames complementares, além dos exames básicos do pré-natal quando a paciente for gestante. Assim, é possível avaliar e desenvolver um plano assistencial, incluindo o acompanhamento individual por equipe multidisciplinar, como nutricionista, fisioterapeuta e educador físico, além de psicólogos e psiquiatras, priorizando as necessidades de cada fase da vida da mulher.

Estudos comprovam que é possível corrigir cerca de 80% dos casos dos distúrbios metabólicos na gestação somente com dieta adequada e atividade física orientada. "Sabemos que em algumas situações a paciente tem limitações para fazer tudo o que o médico solicita, mas com pequenas mudanças de hábito, com orientação adequada e equipe multidisciplinar, já é possível alcançar inúmeros benefícios. Por isso a importância de individualizar cada atendimento, atentando para as condutas que sejam sustentáveis para cada mulher diante de suas condições", comenta.

Outras pesquisas mostram que a exposição materna a uma dieta desequilibrada durante a gestação, e até mesmo antes de engravidar, pode aumentar o risco de o bebê apresentar problemas de saúde em sua vida adulta. Ou seja, uma alimentação consciente e o não sedentarismo tornam-se ferramentas práticas e acessíveis a todas as mulheres, podendo assim prevenir inúmeras doenças. Além disso, a suplementação adequada durante a gravidez e a lactação contribuem para garantir o bom desenvolvimento fetal e o crescimento do feto.

"Uma boa suplementação durante a gravidez contribui para diminuir os riscos de intercorrências gestacionais e prematuridade, otimizando o crescimento do bebê e prevenindo doenças da mãe, como anemia e desnutrição, além de melhorar a qualidade de vida da gestante ao longo dos nove meses de gestação e período de lactação. Com o acompanhamento adequado, a paciente responde melhor as alterações gravídicas", completa a médica.

Sport Life
Publicidade
Publicidade