0

É possível que bikes e carros convivam em paz no trânsito?

10 dicas para os motoristas e 7 para os ciclistas: aprenda como proporcionar a boa convivência no trânsito e evitar o estresse

14 jan 2021
09h50
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
É possível que bikes e carros convivam em paz no trânsito?
É possível que bikes e carros convivam em paz no trânsito?
Foto: Shutterstock / Sport Life

As ruas das grandes cidades brasileiras estão recebendo cada vez mais bicicletas. O que deveria ser uma solução ambiental e do trânsito está, em alguns momentos, promovendo conflitos entre motoristas e ciclistas.

Thiago Benicchio, pesquisador de mobilidade urbana e ex-diretor geral da Associação dos Ciclistas Urbanos de São Paulo (Ciclocidade), conta que os artigos do CTB existem desde a criação do novo código, de 1997, mas, por não estarem na lista de prioridades de multas da CET, não eram fiscalizados pelos agentes de trânsito. "É importante que esses artigos sejam aplicados, mas eles são genéricos. Os artigos que, efetivamente, dizem respeito à bicicleta, como o 201, que obriga o motorista a respeitar a distância de 1,5 m do ciclista, não estão sendo fiscalizados", diz Benicchio.

Benicchio considera que o ciclista sempre esteve marginalizado dos processos de educação institucionais e, por isso, deve-se educá-lo antes de puni-lo. "O ciclistas não passam por autoescola e não têm documentos que o legitimam como tal. O motorista tem por cultura educação formal e informal sobre as leis. A fiscalização cobrada para os automóveis não deve ser igual à bicicleta", comentou Benicchio.

Para o Motorista

1. Reconheça que a bike é mais vulnerável - Um carro pesa mais de 1 tonelada, enquanto uma bike não passa dos 20 kg. Em uma colisão ou outro tipo de interação física no trânsito, a bike sempre vai perder.

2. Ultrapassagens - Ao ultrapassar o ciclista, evite buzinar, reduza a velocidade e só o faça quando houver um espaço seguro (1,5 m). Não tire "finas".

3. Compartilhe a pista - Não buzine ou acelere para que o ciclista saia da faixa da direita. Ela é reservada aos veículos lentos. As bicicletas se valem do mesmo direito no trânsito.

4. Conversões - Use sempre a seta e olhe atentamente nos espelhos retrovisores. Espere sempre o ciclista que segue na frente do automóvel sinalizando a sua intenção.

5. Evite fechadas - Fique sempre atento ao espelho retrovisor e jamais faça conversões com o ciclista posicionado na lateral do veículo. Caso seja necessário, espere.

6. Mantenha distância - A surpresa de um ciclista com um veículo próximo ou o simples deslocamento de ar podem desequilibrá-lo e causar um acidente grave no trânsito.

7. Respeite a ciclovia e a ciclofaixa - Não transite ou estacione o veículo nesses locais.

8. Cuidado ao abrir a porta - Olhe no retrovisor e certifique-se de que não há uma bicicleta ou motocicleta. Oriente os passageiros a fazerem o mesmo.

9. Humanize a sua atitude com relação à bike - Muitos motoristas tendem a encarar a bike da mesma forma como encaram as motos: com impaciência. A bike não anda sozinha. Ela é dirigida por alguém. E se ele fosse um amigo seu, o seu vizinho ou um conhecido? Humanizar o ciclista faz com que os enxerguemos não como meros "objetos" e pode fazer com que a paciência aumente.

10. Considere o ciclista um amigo do trânsito - Uma bike a mais na rua é um carro a menos no trânsito. Com os grandes congestionamentos vistos hojes nos grandes centros, quem não gostaria de ter uma maior fluidez no?

Dicas para o ciclista

1. Seja seguro - Trafegue pelas ruas apenas quando tiver segurança para pedalar nas cidades e dominar a bicicleta. Treine antes em um parque ou local seguro.

2. Respeite as leis - Todas as regras valem para os ciclistas. Jamais trafegue na contramão, respeite os semáforos, faixas de pedestres e todas as demais leis de trânsito.

3. Evite o corredor -  Na ausência de ciclofaixas e ciclovias, trafegue na faixa da direita.  Andar no corredor é sujeitar-se a riscos ainda maiores.

4. Sinalize - Antes de efetuar uma conversão,ultrapassar veículos ou desviar de obstáculos sinalize gesticulando com um dos braços a sua intenção. Treine antes.

5. Use proteção - Apesar de não obrigatórios, o capacete, as luvas e os óculos são proteções fundamentais.  Eles também transmitem a imagem de ciclista consciente.

6. Não use fones - A música em aparelhos e a comunicação em telefones comprovadamente tiram a atenção. No caso de ligações para celulares, pare e atenda.

7. Cuidado com as portas -  Antecipe esta ação. Sempre que possível, fique longe das laterais dos carros estacionados e dê atenção em dobro a portas entreabertas.

Bikes e carros

Evite o confronto - Errou, peça gentilmente desculpas. Em caso de erro, acidente ou desrespeito à lei por parte do motorista, não faça justiça com as próprias mãos. Se o diálogo for inevitável, mantenha sempre a calma, seja prestativo, educado e gentil. Em caso de agressão, omissão de socorro e ameaças, anote a placa e acione uma viatura.

Veja também:

Venezuela: os trabalhadores da saúde com salários de US$ 4 por mês e sem equipamentos de proteção
Sport Life
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade