PUBLICIDADE

Como as emoções estão relacionadas com nossas dores?

Abordagem da medicina integrativa descobre os porquês das nossas dores e mostra que existe uma relação direta com nossas emoções

23 jun 2021 18h50
ver comentários
Publicidade
Como as emoções estão relacionadas com nossas dores?
Como as emoções estão relacionadas com nossas dores?
Foto: Shutterstock / Sport Life

Desde o início da medicina, o paciente sempre foi olhado de uma forma fragmentada. O foco sempre foi sobre os sintomas apresentados pelo paciente, sem considerar a origem e a verdadeira causa daquela dor. Em outras palavras, se o seu problema era relacionado com o ombro por exemplo, somente essa parte do corpo era tratada. Mas, será que as nossas emoções não tem impacto nisso?

No entanto, com o passar dos anos, foi visto que essa abordagem fragmentada não era resolutiva. Os sintomas pioravam ou surgiam novos. E mais os próprios pacientes começaram a buscar novas maneiras de entender e tratar os porquês desse ou daquele sintoma. Segundo a fisioterapeuta e especialista em medicina integrativa, Ana Peixoto, "a medicina integrativa olha o paciente de modo amplo e entende que todas as nossas dores estão relacionadas às nossas emoções". 

A medicina integrativa entende que as nossas emoções provocam nossas patologias, porque tudo começa no emocional. Assim, muito mais do que apenas uma dor no ombro, esse modo de tratamento estuda a fundo as razões por esse sintoma ter sido provocado e manifestado. "Esse emocional é biológico, exatamente porque sempre atrás de uma emoção tem um órgão a ser tratado", afirma a fisioterapeuta. 

As nossas emoções e comportamentos geram todas as nossas dores. A terapeuta explica que, "se uma pessoa não suporta coisas sujas, não aguenta ver a casa bagunçada ou ainda, ela não consegue jogar nada fora, guarda roupas que nem lhe servem mais… todos esses comportamentos podem gerar patologias lá na frente. 

Diversos estudos comprovam o impacto das emoções nas patologias. O próprio estresse é o causador de mais de 75% das idas ao médico. Isso significa que, mais do que apenas tratar o sintoma, é necessário tratar a causa, pois só assim evitamos as doenças crônicas. A fisioterapeuta finaliza dizendo que conhecer o impacto das emoções no seu corpo é o primeiro passo para melhorar sua qualidade de vida e ter uma boa saúde.

Sport Life
Publicidade
Publicidade