1 evento ao vivo

Atividades físicas dentro de casa: moda ou o futuro?

Se é para ficar dentro de casa, então vamos nos exercitar! Veja os benefícios de manter uma rotina de atividades no conforto do lar

12 jan 2021
09h02
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Atividades físicas dentro de casa: moda ou o futuro?
Atividades físicas dentro de casa: moda ou o futuro?
Foto: Shutterstock.com / Sport Life

Ficar dentro de casa virou uma regra durante a pandemia que vivemos. Já demos algumas dicas aqui na Sport Life sobre como trabalhar melhor no home office. Agora, chegou a vez de falar sobre os exercícios, que também estão sendo feitos no lar. Mas, será que isso é apenas algo passageiro ou veio para ficar? Buscamos responder essa pergunta a seguir.

Atualmente, há uma disponibilidade muito grande de conteúdo para te ajudar a se exercitar dentro de casa. Nos anos 90, por exemplo, já era moda ter aulas de ginástica através da televisão. Agora, além de um vasto conteúdo audiovisual online, ainda existem dezenas de aplicativos que orientam e auxiliam quem está se exercitando.

Tudo leva a crer que esse hábito será, sim, algo definitivo. A opção por praticar atividades dentro de casa é mais barata, mais prática, evita deslocamentos, entre outros benefícios. Então, muitas pessoas devem continuar mantendo a forma à distância mesmo após o fim da pandemia.

Outro fator importante é que tem muita gente que não curte o ambiente da academia, por inúmeros fatores. Logo, mesmo com o controle do coronavírus, se exercitar dentro de casa seguirá sendo a melhor alternativa.

Os adeptos ainda podem escolher entre ter as aulas ao vivo ou gravadas. O principal fator positivo da segunda opção é que, a qualquer hora do dia, você poderá fazer a atividade. A praticidade fica ainda maior e a desculpa da falta de tempo menor. Por outro lado, atividades em tempo real são importantes para a interação com professor, já que ele irá te auxiliar a manter os movimentos e a postura correta.

Ambas as opções trazem bons resultados, desde que o praticante se mantenha motivado e ativo. É possível, mesmo dentro de casa, a deixar o sedentarismo de lado, mantendo o bem-estar físico e o condicionamento cardiovascular em alta.

Veja também:

Venezuela: os trabalhadores da saúde com salários de US$ 4 por mês e sem equipamentos de proteção
Sport Life
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade