PUBLICIDADE

Aprenda o que comer de acordo com a sua faixa etária

Aos 20, aos 30 e aos 40... O tempo passa, sua faixa etária muda e, com isso, os hábitos também precisam ser alterados em sua dieta

27 abr 2021
0comentários
Publicidade
Aprenda o que comer de acordo com a sua faixa etária
Aprenda o que comer de acordo com a sua faixa etária
Foto: Shutterstock / Sport Life

Se nós mudamos com o tempo, por qual motivo seria diferente com a alimentação? Então, se você quer saber qual a melhor dieta de acordo com sua faixa etária, siga nossas dicas.

Aos 20

Você está no pico da saúde física nesta faixa etária e, por causa disso, provavelmente costuma exagerar nas bebidas, pular refeições e comer fast-food. Cuidado!

Coma queijo

O intenso crescimento ósseo, que começa na adolescência e continua até os 25-30 anos, faz com que essa seja a oportunidade final para você se render ao cálcio antes do inevitável processo de perda de massa óssea, que começa após os 30 anos. Garanta ao seu corpo 700 mg de cálcio por dia, o equivalente a pouco mais de 400 mL de leite ou 100 g de queijo. Mas, tenha atenção. Não se empanturre de refrigerante, pois o ácido fosfórico presente na bebida impede que o nutriente seja absorvido, em qualquer faixa etária.

Aos 30

Se você trabalha bastante e anda cansado, não apele para o cafezinho ou para os refrigerantes à base de cola. Em todas as refeições, encha o prato de carboidratos de baixo índice glicêmico e de um pouco de proteína. Nesta faixa etária também seria importante experimentar o damasco, que libera energia lentamente.

Aos 40

A taxa metabólica nesta faixa etária é 10% menor que quando você tinha 30 anos, o que significa que você deve cuidar mais do peso. Comer 200 calorias a menos ou investir mais em exercícios são dicas importantes a partir desta idade.

Coma carne

Mulheres com ciclo menstrual errático e intenso têm mais chances de ficarem anêmicas. Coma carnes magras de três a quatro vezes por semana, ovos, feijão e grãos integrais. Procure incluir alimentos ricos em vitamina C nas refeições para aumentar a absorção de ferro. E a soja, além de comidas ricas em compostos semelhantes ao estrógeno (o hormônio feminino), como lentilha e soja, ajudam a equilibrar os níveis de hormônio nesta faixa etária. Pesquisa mostrou que quem ingeria altas doses de isoflavonas, as substâncias presentes na soja, também chamadas de fitoestrógeno, por dia sentia 14% menos ondas de calor.

Sport Life
Publicidade
Publicidade