0

Alimentos cardioprotetores

10 out 2018
09h11
  • separator
  • comentários

No lugar do sal e de gorduras experimente colocar especiarias como sálvia, tomilho, alecrim e orégano. O feijão preto é rico em folato, antioxidantes e magnésio, os quais ajudam a diminuir a pressão arterial. Além disso, é rico em fibras as quais ajudam no controle do colesterol e do açúcar sanguíneos. Estudos apontam que uma taça de vinho tinto pode ser cardioprotetora devido a presença de catequinas e resveratrol, dois antioxidantes que protegem as paredes das artérias e aumentar o HDL. No entanto, um consumo exagerado de álcool pode prejudicar a saúde cardíaca.

Alimentos ricos em ômega-3 como o salmão, atum e sardinha são antiinflamatórios naturais e o seu consumo, de pelo menos duas vezes por semana, deve ser encorajado. O azeite de oliva é rico em gorduras insaturadas e minerais amigos da saúde cardíaca. Uma porção de oleaginosas por dia pode ajudar a diminuir o colesterol. A batata doce é outra boa opção, pois é rica em vitamina A, fibra e licopeno, além de ser de baixo índice glicêmico.  A laranja é uma fruta rica em vitamina C, pectina e potássio que auxiliam na saúde cardíaca e no controle da pressão arterial.

Vegetais folhosos verdes escuros contêm potássio, fibras, vitaminas e antioxidantes como a luteína e zeaxantina. Aveia e cevada são grãos integrais ricos em fibras e, portanto cardioprotetores. A linhaça apresenta em sua composição lignanas e ômega-3 compostos que diminuem o colesterol. O iogurte contém cálcio e potássio importantes para a saúde cardíaca e óssea. O abacate é um fruto rico em beta-sitosterol e gorduras insaturadas com ação anti-inflamatória. Frutas vermelhas (berries) são ricas em antocianinas que ajudam na proteção da saúde cardíaca.

Referência

http://www.webmd.com/heart-disease/ss/slideshow-foods-to-save-your-heart?ecd=wnl_day_082315&ctr=wnl-day-082315_nsl-ld-stry_3&mb=voAu2w9N73u3p993LPWFqRXFE73IOX1c0OaTzBd4F8E%3d

Estadão Conteúdo

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade