3 eventos ao vivo

Tosa higiênica em pets evita doenças e acidentes

Conheça os benefícios que a tosa higiênica pode promover na vida do seu pet, e que tipo de acidentes ela pode evitar

15 jan 2014
09h35
  • separator
  • comentários

Tida como um dos cuidados mais importantes para a saúde de cães, a tosa higiênica deve ser um hábito constante na vida dos pets, evitando acidentes, o aparecimento de doenças e outras complicações diversas. Embora ainda haja quem acredita que a tosa serve, apenas, para arrumar o penteado dos pets; a tosa higiênica vai muito além disso, e tem o bem-estar e a segurança dos animais como principal objetivo.

Prestar atenção aos pelos nas solas das patas do pets é importante para a higiene e mobilidade deles
Prestar atenção aos pelos nas solas das patas do pets é importante para a higiene e mobilidade deles
Foto: Getty Images

Indispensável na vida dos cães, a tosa higiência é ainda mais importante para os pets de raças com pelagem muito longa – como Shih Tzu, Maltês, Collie e Lhasa Apso – já que, o acúmulo de pelos é um fator que pode propiciar o surgimento de uma série de problemas, incluindo as dermatites.

Focado na higiene canina, esse tipo de tosa já pode ser encontrado com facilidade nas muitas pet-shops espalhadas pelo País; e consiste, principalmente, na remoção de pelagem excessiva e concentrada de determinadas regiões do corpo do animal, incluindo áreas íntimas, barriga, sola das patas e orelhas.

O corte das unhas do animal também faz parte do pacote da tosa higiênica, assim como a limpeza da área dos olhos do animal – no entanto, é a remoção da pelagem que se destaca como fundamental, já que, com isso, é possível evitar ocorrências variadas e o acúmulo de sujeira.

Nas áreas íntimas, o processo é importante para que não haja a possibilidade de ficarem na pelagem do animal as sobras de suas necessidades – evitando a proliferação de parasitas e bactérias que podem desencadear todo tipo de doença – enquanto a área da barriga do pet também deve ser aparada para impedir que impurezas fiquem concentradas na região; que conta com pelos bem finos e que embaraçam com maior facilidade.

Nas orelhas do cão, a tosa tem o mesmo objetivo (evitar o acúmulo de sujeira); no entanto, um dos locais que merece mais atenção durante a tosa higiênica é a sola da pata dos pets – também conhecida como almofada plantar ou coxim). Nos cachorros muito peludos, essa região pode se encher de pelos com rapidez e, além de não contribuir para a higiene do bicho, essa concentração de fios pode provocar acidentes como escorregões, já que dificulta a mobilidade do cão.

Quem deseja mandar o seu pet para a tosa e recebê-lo de volta com um topete estiloso também consegue encontrar opções diversas; no entanto, o importante é lembrar que a tosa higiênica deve ser algo frequente na vida do seu animal de estimação, e que a limpeza e a saúde do animal sempre devem ser consideradas antes de qualquer fator estético.

Cliquei no link e saiba onde encontrar serviços de banho e tosa.

Matéria validada pelo Dr. Ricardo Tubaldini (CRMV – SP 23.348), Médico Veterinário formado pela Universidade Paulista e Cirurgião Geral e Ortopedista em Hospital Veterinário de São Paulo. Dr. Tubaldini é Diretor de Conteúdo do portal CachorroGato.

<a data-cke-saved-href="http://vidaeestilo.terra.com.br/infograficos/mulher/adestramento-dr-pet/iframe.htm" href="http://vidaeestilo.terra.com.br/infograficos/mulher/adestramento-dr-pet/iframe.htm">veja o infográfico</a>
Cachorro Gato
  • separator
  • comentários
publicidade