PUBLICIDADE

SPFW: Sasha assiste a desfile de Paulo André e Trentini

3 jun 2022 11h54
| atualizado às 15h56
ver comentários
Publicidade

Sasha Meneghel não desfilou nesta edição do SPFW, mas não deixou de comparecer ao evento. Ela e o marido, o cantor João Figueiredo chegaram pouco antes de começar a apresentação da grife Misci, para a qual a modelo cruzou a passarela em novembro do ano passado.

João Figueiredo e Sasha
João Figueiredo e Sasha
Foto: Paulo Nepomuceno/Divulgação / Elas no Tapete Vermelho

O desfile, que fechou o terceiro dia da 5ª edição do SPFW aconteceu no espaço Komplexo Tempo, um grande galpão transformado em casa de eventos no Bairro da Mooca, região Leste de São Paulo, e onde se concentram as apresentações noturnas. Na passarela, passaram nomes como o ex-BBB Paulo André, a cantora Duda Beat, as tops Carol Trentini e Bárbara Fialho, além de Enzo Celulari, filho de Claudia Raia e Esdson Celulari.

O casal vestia looks da marca que tem como diretor-criativo estilista mato-grossense Airon Martin.  João Figueiredo apostou num conjunto com camisa e calça com aplicações verticais em azul, que deixa as peças com aparência listrada. E Sasha com top cropped estampado de mangas longas e calça comprida marrom.

João Figueiredo, Sasha, Carol Trentini e Paulo André
João Figueiredo, Sasha, Carol Trentini e Paulo André
Foto: Way Model / Elas no Tapete Vermelho

Sasha usava também o brinco da apresentado na passarela, que traz o mapa do Brasil estilizado. Os cabelos presos e a maquiagem leve, com cor suave apenas nos lábios, complementaram a produção da filha da Xuxa.

Brinco da nova coleção da Misci
Brinco da nova coleção da Misci
Foto: Divulgação / Elas no Tapete Vermelho

O desfile se chama EVA - Mátria Brasil e fez uma homenagens às mães solos, inclusive com o casting, a maioria das participantes são filhas de mães solo, incluindo a top model da Carol Trentini.

A Misci também levou a mulher transgênero Ana Carolina Apocalypse à passarela. Mãe solo que passou por transição de gênero já na vida adulta, Ana Carolina é a primeira idosa trans a desfilar na SPFW.

Paulo André no desfile da Misci
Paulo André no desfile da Misci
Foto: Zé Takahashi/Divulgação / Elas no Tapete Vermelho

Tons de vermelho faziam referências ao pau-Brasil, árvore, que atraiu os europeus por sua utilização como tingimento de tecidos no tom de brasa. "Mostra que o Brasil foi batizado sob o signo da moda", disse o material de divulgação. Acompanham o vermelho os tons de azul e verde, símbolos da biodiversidade brasileira, pontuados pelos neutros marrom e off-white. Paulo André fechou o desfile com um terno feito em patchwork em que tons de azul e marrom predominam.

Elas no Tapete Vermelho
Publicidade
Publicidade