PUBLICIDADE

“Bom ter esse gostinho”, diz Weickert sobre desfile para TNG

A apresentadora lembra de momentos marcantes do SPFW

7 nov 2014 19h28
| atualizado às 19h29
ver comentários
Publicidade
Foto: Léo Franco / AgNews

Mariana Weickert faz parte da história do SPFW, que comemora seus 20 anos. Sempre participou do evento, seja como modelo ou como apresentadora. Na temporada inverno 2015, volta à passarela nesta sexta-feira (7) pela TNG, que resolveu trocar as tradicionais celebridades de novelas por modelos dos anos 90 importantes na trajetória da grife. “Fiquei muito feliz e me senti prestigiada. É bom ter esse gostinho de pisar na passarela depois de tanto tempo sem desfilar na principal semana de moda do país”, disse ao Terra .

Siga Terra Estilo no Twitter

A apresentadora do canal GNT conta que começou a desfilar como uma brincadeira. “Era uma brincadeira cultural, uma brincadeira local, que fez parte da minha infância, mas nunca pensava se isso viraria uma profissão ou não.” E revela que também já ouviu vários “nãos” ao longo da carreira: “aprendi a não levar para o lado pessoal”. Confira a entrevista completa:

Terra: Como começou como modelo?
Mariana Weickert: Como sou de Blumenau (SC), onde há grandes malharias, sempre teve essa cultura de desfiles de marcas, mas eram coisas pequenas. Minhas amigas e eu desfilávamos no clube desde novinhas, em eventos beneficentes para arrecadar fundos para uma instituição. Nunca foi uma questão de saber se eu tinha aptidão ou vocação para esse business. Era uma brincadeira cultural, uma brincadeira local, que fez parte da minha infância, mas nunca pensava se isso viraria uma profissão ou não.

De repente, fiquei grande de mais pra fazer os desfiles de criança. Sempre fui a maiorzinha, claro! Então, me chamaram para fazer os desfiles de adulto que já eram quase profissionais. Eu já era alta, magra, todo mundo brincava com isso, mas ainda não tinha a seriedade de uma profissão, de fato. Nesse momento, o concurso da agencia Ford foi para Blumenau, cidade sede da final de Santa Catarina daquele ano. Minha tia era a gerente do espaço onde o concurso aconteceu e como ela sabia que eu participava desses desfiles, me chamou para assistir. Não havia me inscrito, tudo isso ainda não era tão divulgado. Fui assistir e o Marco Aurélio da Ford me viu e insistiu para que me inscrevesse. Já fui classificada, fui a escolhida da etapa de Santa Catarina e fiquei em segundo lugar no concurso nacional. Depois disso, percebi que tudo seria diferente. 

Foto: Marcelo Brammer / AgNews

Foto: Marcelo Brammer/Agnews

Desses quase 20 anos, quais são os momentos mais marcantes do SPFW?
M. W.: 
Lembro de alguns desfiles inesquecíveis, que eram extremamente elaborados, como Alexandre Herchcovitch, Forum e Zoomp. Lembro das trilhas dos desfiles do Reinaldo Loureiro. Outro momento marcante, mas ainda era Morumbi Fashion, foi quando fiz todos os desfiles da semana de moda de São Paulo, inclusive o do Ricardo Almeida, que faz masculino. Estava em todos e foi muito legal.

Lembra de algum mico pelo qual passou durante as semanas de moda?
M. W.:  Lembro de um mico, mas felizmente não foi no SPFW, foi em Belo Horizonte. Caí na passarela e foi o maior dos meus micos.

Qual é a diferença entre desfilar e apresentar?
M. W.:  São mundos que, a princípio, podem parecer antagônicos. Difícil falar em diferenças, mas há uma grande semelhança que é a falta de rotina. Mas são mundos completamente diferentes.

Seu desempenho no programa A Liga está sendo elogiado. Qual é o desafio de participar de um programa em rede nacional? Já  passou por algum apuro nas gravações?
M. W.:  Vários. No dia em que gravei na Avenida Atlântica como profissional do sexo, não senti que estava em apuros, mas tive uma sensação de vulnerabilidade. Uma equipe pequena me acompanha nas gravações, mas não estava tão próxima de mim. Estava no calçadão e eles do outro lado da rua. Então, se um possível cliente tentasse algo de forma mais agressiva, poderia me machucar. Por isso, tive ainda mais cautela. O desafio de participar de um programa na TV aberta tem sido lidar com uma maior exposição do meu trabalho. O público responde ainda com o programa no ar. Vejo comentários nas redes sociais, o programa gera muita repercussão.

Foto: Marcelo Brammer / AgNews

Foto: Marcelo Brammer/Agnews

A TNG trocou o trio de globais por modelos que marcaram a história da grife. Você, que estrelou a primeira campanha da marca, é uma delas. O que sentiu ao receber o convite
M. W.:  Fiquei muito feliz e me senti prestigiada. Por mais que hoje me dedique à carreira de apresentadora, foi na moda que tudo começou, onde cresci e construí amizades que quero levar para a vida toda. É bom ter esse gostinho de pisar na passarela depois de tanto tempo sem desfilar na principal semana de moda do país.

Qual é o segredo para estar tanto tempo na área? Tem cuidados com corpo, alimentação ou nunca ligou para isso?
M. W.: 
Treino duas vezes por semana com meu personal e tento ter uma alimentação equilibrada.

Seu tipo de beleza é diferente. No começo isso ajudou ou recebeu alguns “nãos”?
M. W.:  Meu tipo de beleza nunca me atrapalhou. Obviamente recebi vários “não”, mas aprendi a não levar para o lado pessoal, mas sim como uma questão profissional, por não se encaixar em um determinado perfil de trabalho, mas ainda assim sabia que me encaixaria em outros tipos de trabalho. Nunca levei para o lado pessoal como outras modelos reclamam. Um “não” não significa que você é menos bonita.

SPFW Inverno 2015 
A edição de inverno 2015 do SPFW terá ao todo 38 desfiles, incluindo a estreia de algumas marcas mineiras e uma carioca, já que o Fashion Rio pulou a estação e volta apenas para as coleções de verão.

Prestes a completar 20 anos em 2015, o evento conta com a presença da übermodel Gisele Bündchen, que desfilou para a Colcci na terça-feira (4); e das estilistas internacionais Donatella Versace e Stella McCartney, que vieram ao Brasil especialmente para lançar suas coleções com fast shops brasileiras.

Terra  transmite, mais uma vez ao vivo e com exclusividade na web, todos os desfiles do São Paulo Fashion Week realizados no Parque Cândido Portinari, entre os dias 3 e 7 de novembro. Com a parceria entre Terra  e Fashion Forward (FFW), do Grupo Luminosidade, os internautas já puderam acompanhar quatro edições do SPFW e do Fashion Rio, os maiores eventos de moda do País.

Duelo de Famosas x Anônimas no SPFW Inverno 2015 Duelo de Famosas x Anônimas no SPFW Inverno 2015

Fonte: Ponto a Ponto Ideias Ponto a Ponto Ideias
Publicidade
Publicidade