PUBLICIDADE

Adriana Degreas leva recortes inspirados na art déco do Rio

Coleção contou com peças transparentes e pele à mostra

19 mar 2013 13h05
| atualizado em 20/3/2013 às 00h06
ver comentários
Publicidade

A estilista Adriana Degreas abriu o segundo dia de desfiles do São Paulo Fashion Week com acentos na fila A desocupados e duas fileiras inteiras da plateia vazias. Talvez o frio do últimos dias de verão tenha feito alguns convidados não virem mais cedo à Bienal: o desfile estava marcado para as 12h, mas começou pouco antes das 13h. E a praia da estilista paulista trouxe o Rio dos anos 50, com sua sofisticação e elegância.

Assista ao desfile da Adriana Degreas no SPFW:

Claro que as imagens do desfile não vão ser usadas na areia. Afinal, as transparências com tules em algumas peças deixando seios e outras partes do corpo, como as nádegas, à mostra, é apenas efeito de passarela, que apresentou uma coleção que se apoia na geometria déco da Cidade Maravilhosa. A marca deixou um pouco seus caftãs de lado para trazer saídas mais retas e justas, além de macacões e outras peças mais curtas.

Os maiôs vinham com cavas mais baixas, que parecem ser uma das tendências do momento, inclusive fora das praias. Nos tecidos, lamê e paetês prateado - ela também abandonou o dourado tão forte no verão 2012-2013 -, e veludo de lycra - leve e fresco, segundo Adriana. Hot pants e calcinhas retas mantêm-se para próxima estação quente. O retrô proposto por Adriana vem com uma geometria rígida, inspirada nas fachadas dos prédios art déco carioca. Uma cartela de cores enxuta, como o preto, branco, rosa e vermelho.

Os efeitos geométricos vinham com a mistura de tecidos e nos debruns em tons contrastantes. Se listras e outros efeitos ópticos surgiam com o recurso do tule transparente, decotes pronunciados também marcaram presença em maiôs e vestidos. O momento de estampa surgiu apenas na dupla que entrou com vestido rosa tendo desenhada uma nadadora dando um salto em cada um.

Na cabeça, touca de natação, os chamados swim caps, bem típicos da época. E nos pés, sandálias com apelo retrô: salto grosso, tira vertical sobre o peito do pés e nos tornozelos. A praia de Adriana Degreas é sofisticada e transcende o conceito areia, mar e sol. É para quem quer ficar elegante e pronto. "A mulher para quem eu crio não precisa ficar bronzeada, por isso as peças mais fechadas", disse a estilista no backstage. Resta esperar para ver como esse conceito chega às araras das lojas.

SPFW Verão 2014 
O Terra, a maior empresa latino-americana de mídia digital, transmite ao vivo os desfiles de verão 2014 do São Paulo Fashion Week, com exclusividade para web, inclusive para tablets, smartphones e TVs conectadas. Entre os dias 18 e 22 de março, os desfiles serão transmitidos direto da Bienal, no Parque Ibirapuera, na capital paulista, pela parceria entre o Terra e FFW.

Além das transmissões ao vivo, o Terra terá os blogs da apresentadora de TV Isabella Fiorentino e da jornalista de moda Rosângela Espinossi, além de análises e galeria de fotos de todos os desfiles e tudo sobre backstages, bastidores e celebridades. O maior e mais importante evento de moda da América Latina reúne 25 desfiles, que marcam de forma definitiva a mudança no calendário da moda brasileira. A partir deste ano, os desfiles da coleção verão acontecerão em março de cada ano e os de inverno, em outubro.

<a data-cke-saved-href="http://www.terra.com.br/moda/infograficos/spfw-verao-2014-n1/iframe.htm" href="http://www.terra.com.br/moda/infograficos/spfw-verao-2014-n1/iframe.htm">veja o infográfico</a>
Fonte: Ponto a Ponto Ideias Ponto a Ponto Ideias
Publicidade
Publicidade