0

Nova geração de marcas estreia na próxima São Paulo Fashion Week

Bobstore, Cacete Company, Piet e Torinno vão desfilar na 46ª edição do evento, que acontece de 21 a 26 de outubro

8 out 2018
12h38
atualizado às 16h05
  • separator
  • comentários

Novidades no line-up da próxima São Paulo Fashion Week: Cacete Company, Piet, Bobstore e Torinno entram para o elenco de participantes da semana de moda que acontece entre os dias 21 e 26 de outubro.

Em sua 46ª edição, a primeira desde que foi adquirida pelo grupo IMM, ela tem novo endereço (um galpão na Vila Leopoldina) e deve ganhar ares de festival - na manhã da próxima quarta, 10, a direção da SPFW deve anunciar algumas outras novidades.

Piet, Cacete Company e Torinno estão entre as mais jovens marcas da temporada - com um tipo de moda também voltado para uma nova geração de consumidores. Criada pelo designer Pedro Andrade em 2012, a Piet é um dos mais promissores nomes do streetwear nacional. Com foco em roupas masculinas de vocação esportiva e utilitária, acaba de inaugurar uma loja temporária no Bom Retiro, em São Paulo.

A Cacete Company, de Belo Horizonte, tem ainda menos tempo de estrada. Surgida em 2015 como uma marca de underwear, tem os estilistas Raphael Ribeiro e Thiago Carvalho à frente de sua criação. Hoje vende um tipo de moda casual, também de vocação street, como a Piet.

A Torinno, capitaneada pelo stylist Luís Fiod, nasceu em 2017 e foca num masculino luxuoso, que mistura elementos de moda esportiva e alfaiataria.

Com 60 lojas próprias e mais de 20 anos de história, a Bobstore é uma das grifes do grupo InBrands (sócio da SPFW e dono de Ellus, Richards e Salinas, entre outras). Fez fama oferecendo um guarda-roupa feminino boêmio e chique, misturando alfaiataria, jeanswear e roupas casuais.

A Bob Store desfilará seu inverno 2019 na sua estreia no evento. Tendo como estilistas a dupla André Boffano e Samuel Santos, criadores da Modem, outra marca da nova geração da moda brasileira, a coleção é inspirada no trabalho da artista Georgia O'Keefee.

Estadão Conteúdo

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade