PUBLICIDADE

Morre o estilista Nino Cerruti, mentor de Giorgio Armani

Italiano tinha 91 anos e faleceu após complicações de cirurgia

15 jan 2022 17h02
| atualizado às 17h08
ver comentários
Publicidade

Morreu neste sábado (15), aos 91 anos de idade, o célebre estilista italiano Nino Cerruti.

Nino Cerrutti fundou a grife Cerruti 1881
Nino Cerrutti fundou a grife Cerruti 1881
Foto: A / Ansa - Brasil

Ele estava internado em um hospital de Vercelli, no norte da Itália, para uma cirurgia no quadril e faleceu devido a complicações da operação.

Descendente de uma família de industriais do setor têxtil, Cerruti foi um dos protagonistas da moda italiana no século 20 e lançou jovens estilistas que depois chegariam ao estrelato com suas próprias marcas, como Giorgio Armani.

As peças criadas por Cerruti eram presença frequente nos tapetes vermelhos do cinema, e ele também vestiu os astros de uma série de filmes, como "Atração fatal" (1987), "O silêncio dos inocentes" (1991), "Filadélfia" (1993), "Proposta indecente" (1994) e "Psicopata americano" (2000).

Além disso, foi o estilista oficial da equipe Ferrari de Fórmula 1 em 1994. A criação mais célebre de sua grife, a Cerruti 1881, que tem sede em Paris, é o paletó masculino desconstruído, mais leve e menos rígido que os modelos tradicionais e que se tornaria símbolo do estilo de Armani.

Cerruti também lançou perfumes e linhas de roupas esportivas para tênis e esqui, duas paixões do estilista, que patrocinava atletas nas duas modalidades.

Ele foi nomeado Cavaleiro do Trabalho pelo então presidente da Itália, Carlo Azeglio Ciampi, em 2000, e vendeu sua marca no ano seguinte para se concentrar na indústria têxtil da família, a Lanificio Fratelli Cerruti.

Ansa - Brasil   
Publicidade
Publicidade