0

Londres: brasileira aposta em inverno vibrante e casual

Barbara Casasola apresentou a coleção outono-inverno durante a semana de moda de Londres

18 fev 2014
18h46
atualizado em 19/2/2014 às 16h24
  • separator
  • 0
  • comentários

A estilista brasileira Barbara Casasola apresentou sua coleção outono-inverno 2014 nesta terça-feira (18), último dia da semana de moda de Londres. Mais uma vez, a gaúcha, que fez sua estreia no calendário oficial da moda inglesa em setembro de 2013, optou por um clima intimista para a apresentação, escolhendo a galeria Dairy Art Centre, na região central da capital inglesa, para mostrar suas criações. "Gosto de criar um ambiente dentro de um espaço que seja meu, bem parecido comigo. Este desfile é o desenvolvimento daquele set de design da última coleção", explicou a gaúcha ao Terra nos bastidores do evento.

<p>A estilista brasileira se inspirou no universo masculino para criar a nova coleção</p>
A estilista brasileira se inspirou no universo masculino para criar a nova coleção
Foto: Patrícia Dantas / Especial para Terra

Na passarela, macacões, ternos e saias longas estão prontos para compor o guarda-roupa neste inverno, com muitas transparências e uma paleta de cores vibrantes em oposição a nudes e preto, mesclando tecidos de seda, lã virgem e técnicas de tecelagem para valorizar a silhueta feminina. "É uma coleção de contrastes com esse mundo masculino. Há a parte masculina dos ternos constrastando com as transparências, que é a parte bem feminina mesmo, deixando a mulher mais sexy, mais sensual", contou Barbara, que tirou inspiração para esta coleção após participar como convidada da feira de moda masculina Pitti, em Florença, na Itália, em janeiro.

<p>Inspirações de Barbara Casasola</p>
Inspirações de Barbara Casasola
Foto: Patrícia Dantas / Especial para Terra

"Procurei demonstrar como a mulher pode ser sexy ao vestir um tailleur, um casaco. Quis enfatizar essa diferença", acrescentou. Durante o desfile, a estilista, que já trabalhou com Roberto Cavalli na Itália após terminar seus estudos no Instituto Marangoni, em Milão, ainda apresentou aos convidados a primeira bolsa que desenvolveu dentro de sua marca. "Essa ‘clutch bag’ foi inspirada em algumas bolsinhas de moeda que vendem em Florença. Fiz a bolsa em homenagem à cidade, por conta do evento de moda que participei lá. Também dá pra dobrá-la ao meio de outra forma, criando composições abstratas que remetem a ‘Os Bichos’, de Lygia Clark, de quem sou fã”.

DNA brasileiro 
Mesmo radicada em Londres, Barbara Casasola garante que jamais deixa sua terra natal de lado, principalmente quando se trata do processo criativo. “O modernismo faz parte do DNA da minha marca. Esta coleção de contrastes se refere ao Brasil de opostos. É o Brasil do Barroco, do Aleijadinho, do modernismo louco do Hélio. Todos esses contrastes”. Com o fim da temporada de moda na capital inglesa, Barbara Casasola já possui mais trabalho pela frente. “Amanhã vou a Paris para fazer a feira de tecidos Première Vision, já pensando para a próxima coleção”, adianta.

Fonte: Especial para Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade