0

Fernando Jorge expõe joias com pedras quentes em Londres

Designer de joias brasileiro apresenta sua linha Fusion no espaço Rock Vault durante a semana londrina

15 fev 2014
10h50
atualizado às 10h54
  • separator
  • 0
  • comentários

Pela quinta temporada consecutiva, o brasileiro Fernando Jorge participa do espaço Rock Vault durante a semana de moda de Londres, projeto organizado pelo British Fashion Council destinado a promover o trabalho de designers de joias.

Nesta edição, o joalheiro –  que nasceu em São Paulo e fez mestrado na renomada Central Saint Martins, na capital inglesa – apresenta a coleção “Fusion”, apostando em rubis, rodolitas e ouro rosé, além de ampliar o contraste de diamantes pretos e jade escuro com a pedra howlita, presentes na última temporada.

“Procuro marcar a transição das temporadas usando cores. Antes usava muitas cores neutras, depois passei a usar verde e, na sequência, azul. Agora estou focado no roxo e vermelho, além de explorar o preto e branco ao mesmo tempo. Toda a neutralidade do começo eu quebrei na temporada passada trazendo uma coleção vermelha, roxa e preto e branco. Pretendo focar no vermelho agora. Rubi, rodolita, ametista, pedras quentes. Essa coleção é mais festiva, divertida”, contou o designer ao Terra.

Produzindo as joias no Brasil com uma equipe de artesãos e lapidários, Fernando Jorge ainda explicou como acontece o processo de criação de sua marca, que já está no mercado há três anos e meio.

“Minha ideia não é substituir toda coleção, mas misturar peças de outras temporadas e, ao mesmo tempo, trazer algo novo. É uma evolução mais gradual. Sempre mostro peças novas e  trago peças revelantes de todo meu trabalho”, acrescentou.

Adotando o rabo de rato como marca registrada, que garante movimento e leveza às joias, o designer, de 34 anos, acredita que consegue atingir uma clientela variada.

“Não é só para uma mulher muito jovem ou uma mulher madura, posso brincar com essas clientes distintas. Minha cliente é muito eclética, tenho todas as mulheres que conheço na minha cabeça e faço peças sensuais, outras mais divertidas, algumas mais delicadas, outras mais pesadas. São diferentes personalidades e nacionalidades, inglesas, brasileiras, árabes. Estou tentando fazer pra todas”, disse Fernando, que comercializa as criações não só em lojas espalhadas por Londres, como também em Paris, Estados Unidos e Líbano.

“Trabalho como se estivesse continuando uma tradição milenar, respeitando sua história e seus códigos, mas olhando para o futuro. Misturo técnicas manuais milenares com novas tecnologias, como modelagem digital e solda a laser, para atingir um resultado mais interessante”.

Inspiração no Brasil 
Embora esteja radicado em Londres, Fernando Jorge faz questão de explorar as raízes brasileiras para compor suas coleções. “A simplicidade é minha maior inspiração do Brasil. Gosto das infinitas possibilidades de combinação entre pedras e metal. Procuro mesclar a exuberância da mulher brasileira, o bonito, colorido, sensual com a técnica de acabamento que aprendi em Londres. Neste encontro dos dois é a assinatura da minha marca. É a combinação do cuidado e detalhe que aprendi aqui com a minha cultura brasileira que não abro mão, uma coisa fácil de assimilar, que embeleza, com uma cara definida”.

Após a London Fashion Week, o joalheiro participará de um showroom em Paris antes de seguir rumo ao Brasil, onde vai passar o Carnaval no Rio de Janeiro.

“Vou tirar o inverno do sangue”, brinca ele, que pretende preparar uma coleção nova em São Paulo durante a viagem para apresentar no evento “Coutore”, em Las Vegas, entre o fim de maio e início de junho.

Fonte: Especial para Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade