PUBLICIDADE

Modelos contam o que 'agrega' à passarela e criticam 'rei do camarote'

10 nov 2013 13h50
| atualizado às 13h50
ver comentários
Publicidade

Na última semana, o verbo "agregar" ganhou nova conotação após o estouro do empresário Alexander de Almeida, que listou, para a revista Veja SP, os "10 mandamentos do rei do camarote". No vídeo feito pela publicação, Alexander dava a entender que a fortuna que gasta na noite paulistana "agrega" ao seu camarote na balada, atraindo amigos e mulheres. Para a modelo Karla Corrêa, 18 anos, o verbo tem outra conotação no mundo da moda. 

"Essa questão de agregar que ele coloca não tem nada a ver. Ele deve ter uma vida muito fútil. Para nós, modelos, o que agrega na passarela é ter atitude e saber interpretar o que a marca pede. Se for uma moda mais pesada, precisamos fazer um desfile mais forte. Se for, por exemplo, a coleção do Tufi Duek que desfilei no São Paulo Fashion Week, mais clássica, é necessário mais leveza. É preciso passar personalidade", disse a modelo. 

Para Carol Melchior, 17 anos, é preciso ter uma energia bacana e conseguir passar isso para o público, que está assistindo ao desfile. "É preciso ser você mesma e passar o que está sentindo no momento que entra na passarela. Passar o seu brilho e, principalmente, ter uma energia boa e diferente. É isso que eu busco sempre passar", afirmou a modelo.

Karen Marinovich, 18 anos, levanta a bandeira da auto-confiança como sua marca na passarela. Segundo ela, só assim se consegue chegar onde tanto almeja. "É preciso ter atitude e versatilidade. Tem que ser você mesma e sempre entrar com auto-confiança. Demostrar isso na passarela é fundamental para conseguir chegar onde quiser", salientou.

Jamily Meurer, 17 anos, acredita que a atitude e o foco são primordiais na passarela. A new face, que começou a carreira em 2011, parece trilhar o caminho certo, já que conquistou castings de desfiles de grifes como Chanel, Miu Miu e Chloé. "Acho que é preciso entrar focada e ter muita atitude na passarela. Procuro sempre dar o meu melhor quando estou trabalhando" contou a modelo, nascida na pequena cidade de Braço do Norte, interior de Santa Catarina.

Já Pablo Morais, 20 anos, acredita que valores simples na passarela ajudam muito. "É preciso ser autêntico. Além de ter atitude e versatilidade. Os valores simples trazem um diferencial para o seus trabalho", avaliou o goiano. 

Terra transmite Fashion Rio
Terra, a maior empresa latino-americana de mídia digital, transmite ao vivo e com exclusividade para web os desfiles de inverno do Fashion Rio, que acontece entre 6 e 9 de novembro. A transmissão, direto do Píer Mauá, é realizada em parceria com o FFW, do Grupo Luminosidade e responsável pelos principais eventos de moda do Brasil.

<a data-cke-saved-href="http://moda.terra.com.br/infograficos/fashion-rio-inverno-2014-n1/" href="http://moda.terra.com.br/infograficos/fashion-rio-inverno-2014-n1/">Top nº 1 do Fashin Rio Inverno 2014: Vote entre Debora Muller, Marina Nery e outras</a>
Fonte: Especial para Terra
Publicidade
Publicidade