PUBLICIDADE

Paulo Borges: desfile de inverno não é importante para todos

Intenção do organizador das semanas de moda é adequar o calendário às demandas do mercado e também começar os desfiles mais cedo

11 abr 2014 19h07
| atualizado às 20h18
ver comentários
Publicidade
<p>Paulo Borges comenta calendário do SPFW w Fashion Rio</p>
Paulo Borges comenta calendário do SPFW w Fashion Rio
Foto: Paduardo / AgNews

Considerado o 'Papa da moda no Brasil', Paulo Borges, participou de uma reunião com jornalistas, estilistas e pessoas ligadas ao mercado da moda para conversar sobre o funcionamento do evento, em um lounge do Fashion Rio, nesta sexta-feira (11). Entre os temas debatidos, estavam os horários de início e fim dos desfiles, intervalos entre as semanas de moda paulistana e carioca, a concentração das apresentações e o calendário do evento. Paulo Borges comentou sobre o interesse em criar uma temporada de “alto verão” no Rio de Janeiro, que poderia acontecer entre julho e agosto, segundo ele. 

Paulo disse que com o calendário atual da cidade, as lojas comercializam peças criadas para o verão nos meses de agosto, setembro, outubro e novembro e, em dezembro - justamente quando o verão ganha forças -, as coleções estão praticamente esgotadas. “É o momento que as peças podiam estar vendendo mais”, comentou. O argumento do empresário é “fortalecer o emblema da moda brasileira no Rio de Janeiro” e tornar a cidade representante da moda beachwear, título hoje carregado por Miami, nos Estados Unidos. 

Outro ponto abordado por Borges foi a logística da temporada de inverno no Rio, quando muitas marcas deixam de desfilar. “Tem cerca de dez grifes que não participam. O desfile de inverno não é importante para todo mundo. Para São Paulo, com certeza, então, se as grifes querem fazer inverno, podem fazer em São Paulo”, sugeriu. A reunião não teve qualquer caráter definitivo e teve como objetivo debater as opiniões dos profissionais envolvidos para uma decisão posterior, a ser divulgada em maio.

Borges não falou ainda sobre as datas para as possíveis modificações. “Tudo vai acontecer com o mercado, é ele que determina”, disse.  

Sobre os horários iniciais dos desfiles, a intenção é que aconteçam cada vez mais cedo, perto das 14h. Borges disse que já foram feitas mudanças nas duas temporadas. São Paulo e Rio tiveram as últimas apresentações com horário de início pelo menos uma hora antes do que as que ocorreram em edições anteriores. Os eventos nas duas capitais foram organizados mais próximos um do outro também por demanda do mercado da moda. Paulo Borges ainda cobrou um calendário mais planejado, feito com antecedência e no longo prazo no Rio: “Em São Paulo, já tenho planejamento até 2017”, comparou. 

Terra transmite desfiles do Fashion Rio
Terra, a maior empresa latino-americana de mídia digital, transmitirá ao vivo e com exclusividade para web os desfiles da coleção de verão 2014/2015 do Fashion Rio, entre 8 e 11 de abril. A transmissão será direto da Marina da Glória, na capital fluminense, e estará disponível inclusive para tablets, smartphones e TVs conectadas. 

Fonte: Terra
Publicidade
Publicidade