PUBLICIDADE

Drag Halessia usa look feito com 2kg de cabelo no Baile da Vogue

29 abr 2022 21h55
ver comentários
Publicidade

A drag queen Halessia, responsável por produzir laces para estrelas como Luísa Sonza, Anitta e Gloria Groove, exibiu uma de suas criações no Baile da Vogue 2022,  evento interrompido por 2 anos por causa da pandemia e que voltou a acontecer nesta sexta-feira (29), no Copacabana Palace, no Rio de Janeiro, com o tema Brasilidade Fantástica.

Drag Halessia no Baile da Vogue (Divulgação)
Drag Halessia no Baile da Vogue (Divulgação)
Foto: Elas no Tapete Vermelho

Com sua expertise em confeccionar perucas, criou um look feito com cabelos. Foram usados mais de 2 kg de fios humanos e aproximadamente 3 mil cristais Swarovski para a produção do figurino, inspirado em um visual que Lady Gaga já usou, com um toque especial da Halessia.

Foto: Elas no Tapete Vermelho

A mistura de cabelo e cristais tem a ver com o estilo de Halessia, que participou de todo o processo criativo e botou a mão na massa na hora da criação do figurino e esteve envolvida em todos os processos. Com o apoio nas costuras do estilista Thiago Boing, o look foi criado exclusivamente para o Baile da Vogue e está avaliado em cerca de R$ 50 mil.

Os cabelos são da Rocker Perucas, a loja de laces da Halessia, que produz celebridades mais badalas do Brasil e é a marca que assina o figurino, com direito a logo da artista estampada nos acessórios, sapatos e bolsa.

Croquis do looks da drag Halessia no Baile da Vogue (Divulgação)
Croquis do looks da drag Halessia no Baile da Vogue (Divulgação)
Foto: Elas no Tapete Vermelho

Atrás do sonho

Nascida em Assis e criada em Florianópolis, a jovem mudou-se para a capital paulista há 5 anos, quando completou a maioridade: "Vim atrás do meu sonho de trabalhar como drag e como modelo. Aos poucos, fui conseguindo oportunidades", disse.

Drag Halessia no Baile da Vogue (Divulgação)
Drag Halessia no Baile da Vogue (Divulgação)
Foto: Elas no Tapete Vermelho

Aos 25 anos, a bela desponta em um cenário que demanda personalidade e, em pouco mais de um ano de carreira como modelo, já conquistou contratos poderosos, além de participar como entrevistadora no Baile da Vogue. Já estrelou campanha de beleza para a Boca Rosa beauty, capa digital da Vogue, desfiles no São Paulo Fashion Week para grifes como Led e Walério Araújo, além da Casa de Criadores, onde deu seu pivô para Rober Dognani.

Trabalhei como drag viajando todo o Brasil, fazendo shows e tocando como DJ em casas noturnas do Sul ao Nordeste. Já fiz performance até em Berlim! Hoje, procuro usar a moda e a arte drag sendo LGBTQIA+ para ocupar espaços onde ainda somos minoria", completou.

Elas no Tapete Vermelho
Publicidade
Publicidade